SAIBA COMO APLICAR AS ANÁLISE HORIZONTAL E VERTICAL NAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

 

9 de janeiro de 2017

 

A análise das demonstrações financeiras constitui um dos estudos mais importantes das Finanças Corporativas, despertando enorme interesse tanto nos administradores internos da empresa como nos diversos segmentos de analistas externos.

analise

Para o administrador interno, a análise visa, basicamente, a uma avaliação de seu desempenho geral, notadamente como forma de identificar os resultados (consequências) retrospectivos e prospectivos das diversas decisões financeiras tomadas; para o analista externo, apresenta objetivos mais específicos com relação à avaliação do desempenho da empresa, os quais variam segundo sua posição, de credor – liquidez e capacidade de pagamento – ou investidor – retorno do investimento e criação de valor.

É de assinalar, ainda, que a análise externa, desenvolvida basicamente por meio das demonstrações financeiras usualmente publicadas pela empresa traz dificuldades adicionais de avaliação, em função das limitações de informações contidas nos relatórios publicados.

ANÁLISE HORIZONTAL E VERTICAL

vertical-e-horizontal

Uma das técnicas mais simples de aplicação e, ao mesmo tempo, mais importante no que se refere à riqueza das informações geradas para a avaliação do desempenho empresarial, refere-se à análise horizontal e vertical.

Foi comentado que a análise de uma empresa é desenvolvida por meio de comparações, sejam elas efetuadas por índices passados ou mediante indicadores setoriais e de empresa concorrentes. A análise comparativa produz melhores resultados quando desenvolvida com valores relacionáveis ou afins:

– sejam eles obtidos de uma mesma demonstração financeira como, por exemplo, relacionar lucro com investimento, custos com vendas, capital de giro com ativo total, etc.;

– e também pela evolução dos diversos montantes patrimoniais e de resultados ao longo do tempo como, por exemplo: crescimento das vendas e dos lucros, evolução do patrimônio líquido, etc. A análise da evolução permite que sejam identificadas, inclusive, determinadas tendências futuras do comportamento econômico-financeiro da empresa.

Dessa maneira, as comparações dos valores absolutos através do tempo (análise de suas evoluções) e, entre si, relacionáveis na mesma demonstração são desenvolvidas, respectivamente, por análise horizontal e vertical.

 

ANÁLISE HORIZONTAL (AH)

 

analise-horizontal

 

Consiste em verificar a evolução dos elementos do Balanço Patrimônio e da DRE durante um determinado período. Essa verificação se faz entre valores de uma mesma conta ou grupo de contas, evidenciando a evolução desta por períodos.

Uma das maneiras de apurar os percentuais de evolução da Análise Horizontal é tomar como base um exercício e calcular a evolução dos demais, sempre em relação ao exercício base. A outra maneira, e também a mais usual na Análise horizontal, é tomar como base o exercício imediatamente anterior ao que está sendo analisado. Esse método torna mais dinâmica a análise, possibilitando apurar a evolução em menores períodos de tempo.

A relação existente entre o valor de uma conta contábil (ou grupo de contas) em determinada data e seu valor obtido na data-base (ou ano-base) chamamos de Número-índice.

numero-indice

Essa análise permite que se avalie a evolução dos vários itens de cada demonstração financeira em intervalos sequenciais de tempo. Por exemplo, as evoluções das vendas e dos lucros brutos de uma empresa, verificadas nos últimos três anos, são facilmente avaliadas e interpretadas mediante o estudo da análise horizontal aplicada às demonstrações de resultados referentes aos períodos considerados.

Exemplo – Análise Horizontal

exemplo-ah

Considere a evolução das receitas de vendas e dos lucros brutos de uma empresa, conforme apurados em suas demonstrações contábeis publicadas no encerramento dos exercícios de 2010, 2011 e 2012. Pede-se analisar o crescimento horizontal.

exemplo-analise-horizontal

Tomando-se como base da análise a data de 31-12-2010, o faturamento cresceu 22,07% (122,07 – 100) em 2011 e 51,88% (151,88 – 100) em 2012, já o Lucro Bruto cresceu 19,12% (110,12 – 100) em 2011 e 58,57% (158,57 – 100) em 2012.

Uma rápida analisada baseada exclusivamente nesses valores indica que o desempenho da empresa, no exercício encerrado em 31-12-2011, esteve aquém do apresentado em 31-12-2012. Efetivamente, o resultado bruto não acompanhou a evolução verificada no faturamento no exercício de 2011, denotando-se maior consumo dessas receitas pelos custos. Em outras palavras, as receitas cresceram mais do que os lucros, sobressaindo-se um crescimento dos custos proporcionalmente maior que suas respectivas receitas. Esta diferença absorveu uma parte do lucro bruto.

Em 2012, porém, a situação é inversa e ocorre uma evolução proporcionalmente maior do lucro bruto em relação às vendas. A evolução desses valores, tomando por base 31-12-2011, ratifica essa colocação, tendo o faturamento evoluído 24,42% (R$12.31/R$9.894 X 100 – 100) e o lucro bruto 33,11% (R$3.980/R$2.990 X 100 – 100).

ANÁLISE VERTICAL (AV)

analise-vertical-do-balanco-patrimonial

A análise vertical, também denominada análise da estrutura, facilita a avaliação da estrutura das demonstrações financeiras (Balanço Patrimonial e DRE) e a representatividade de cada conta em relação ao total do Ativo e Passivo, bem como a participação de cada conta do Demonstrativo de resultado na formação do lucro ou prejuízo do período analisado.

A análise vertical constitui identicamente um processo comparativo, sendo desenvolvida por meio de comparações relativas entre valores afins ou relacionáveis identificados numa mesma demonstração financeira; permite, mais efetivamente, que se conheçam todas as alterações ocorridas na estrutura dos relatórios analisados, complementando-se, com isso, as conclusões obtidas pela análise horizontal descrita anteriormente. Apresenta valores percentuais de cada conta e grupo de conta em relação a um valor base: no caso do Balanço Patrimonial, esse valor base é o total do Ativo e/ou do Passivo; na DRE, o valor base é o total da receita líquida.

O cálculo do percentual da participação relativa das contas ou grupo de contas do Ativo e/ou Passivo obtém-se dividindo o valor de cada conta ou grupo de conta pelo valor total do Ativo e/ou do Passivo.

Exemplo – (AV)

exemplo-analise-vertical

caso-pratico-analise-vertical

Partindo do ativo total da empresa em cada ano, observa-se um decréscimo (menor participação relativa) gradativo dos investimentos de curto prazo (ativo circulante), os quais passaram de 54,66% em 2010, para 51,36% em 2011, e 44,72% em 2012. Nas aplicações de longo prazo (realizável e permanente), ocorre a situação inversa – elas se elevam nos períodos considerados. Sendo evidenciada, mediante esses resultados, a preferência (ou necessidade) da empresa por ativos de longo prazo (imobilizações) em detrimento dos de curto prazo (liquidez).

Como contrapartida dessa situação, é de se esperar que a empresa tenha optado também por maior participação de recursos permanentes em sua composição passiva como forma de financiar suas aplicações mais elevadas em ativos de longo prazo. No entanto, ao se avaliar a estrutura (composição) do passivo da empresa, denota-se evolução na participação em seu financiamento de curto prazo (passivo circulante), o qual de 41,67% em 2010 passou a financiar 43,55% das aplicações totais processadas no ativo em 2012.

COMPARANDO A ANÁLISE VERTICAL E HORIZONTAL NAS DEMONSTRAÇÕES

comparativo-ah-e-av

Análise Vertical de Balanço

vetical

Procura-se obter o percentual de cada verba ou de cada grupo de verbas, em relação ao valor global do demonstrativo, ou, ainda, de cada verba em relação ao total do seu respectivo grupo. Trata-se de discernir o ritmo de crescimento dos vários itens. A análise horizontal também é conhecida como análise de tendência ou análise de evolução.

Análise Horizontal de Balanço

horizontal

Compara em forma de percentual o valor de determinada verba ou de determinado grupo de verbas em relação ao(s) ano(s) anterior(es). Sua técnica é bastante simples, pois consiste em dividir todos os elementos do ativo pelo valor do total desse mesmo ativo e todos os valores do passivo pelo total desse passivo.

importante

Em suma, o estudo da estrutura dos ativos (aplicações) e passivos (captação), assim como da evolução patrimonial e de resultados ao longo do tempo, é de grande importância para o processo de análise econômico-financeira de uma empresa. A aplicação da análise horizontal e vertical deve ser considerada como um procedimento inicial de avaliação do desempenho da empresa, cuja confirmação (ou não) se dará nas várias etapas posteriores da análise financeira.

Sendo assim, curta o nosso post e fique atento aos próximos, que apresentarão os principais índices econômicos financeiros que compões etapas importantes da análise dos demonstrativos financeiras.

E não deixe de enviar o seu comentário com dúvidas ou sugestões, teremos prazer em contribuir com novos posts que possam ajudá-lo a aprimorar os seus conhecimentos.

Tutora:

Sara Martins

 

9 de janeiro de 2017

 

Comentários

  • Maxi Educa jan 24, 2017

    Olá Adriana, É com muita alegria que agradecemos o seu elogio. Não deixe de ler os nossos próximos posts, que inclusive vão dar continuidade as análises das Demonstrações Financeiras. Acompanhe-nos também nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Taisa mar 13, 2017

    Me ajudou muito, grata.

  • Maxi Educa mar 14, 2017

    Olá, Taisa. Ficamos muito satisfeitos que esse post tenha lhe ajudado, já que esse é o nosso objetivo. Conforme for surgindo a necessidade de outros assuntos nesta e outras áreas deixe seu comentário. Temos outros assuntos que são tratados em nosso blog. Acompanhe-nos também nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • GIL abr 10, 2017

    Olá, boa tarde! Gostaria de uma informação poderia me ajudar? Ao fazer a análise horizontal na cálculador científica tenho um resultado, quando faço no excel tenho outro, apenas alguns resultados dão a mesma coisa. È para um trabalho na faculdade, qual devo considerar? Obrigado.

  • Maxi Educa abr 11, 2017

    Bom dia Gil. O mais recomendado é que você utilize a calculadora financeira, já que a calculadora científica não possui funções financeiras. Talvez esteja usando a calculadora científica do windows, e esse pode ser o problema de se chegar a uma resolução. A vantagem da calculadora financeira é que ela já possui o método de cálculo. Agradecemos seu contato. Acompanhe-nos também nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Nadson ago 23, 2017

    Vou estudar sobre assunto essa semana, por curiosidade vim da uma estudada, pesquisada antes da aplicação em aula. ótima explicação, pra quem não conhecia sobre o tema, fiquei satisfeito, abriu bem minha mente. Obrigado!

  • Maxi Educa ago 24, 2017

    Olá Nadson. Obrigada por participar, deixando aqui seu comentário. Que bom saber que nosso post lhe auxiliou, o bom que você já conseguiu obter algum conhecimento. Parabéns pela eficiência e dedicação. Aproveite e acesse outros posts sobre contabilidade, com certeza lhe serão úteis. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Maxi Educa ago 24, 2017

    Bom dia Jefferson. Respondido no outro comentário que nos enviou.

  • Suely Monetti set 03, 2017

    Sensacional! Me ajudou bem...

  • Maxi Educa out 02, 2017

    Bom dia Suely Ficamos muito felizes em saber que você gostou do nosso post, a intenção é ajudar nossos leitores, se tiver mais alguma sugestão, pode deixar aqui. Além desse, vários outros que podem lhe ser úteis. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Candido set 05, 2017

    Foi a primeira vez a acessar esse blog, gostei e apreendi muito candido jaze

  • Maxi Educa out 02, 2017

    Bom dia. Ficamos muito felizes que tenha participado de nosso blog, e melhor ainda, que tenha gostado das nossas postagens. Somos voltados a auxiliares concurseiros e leitores que visem adquirir cada vez mais conhecimento. Caso tenha sugestão de algum aproveite e deixe-nos, caso seja possível, nossos tutores irão lhe atender com maior prazer. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Adriano Luis dos Santos out 23, 2017

    Olá! Primeiramente Gostaria de parabenizar pelo trabalho! Uma duvida que semçre me ocorre é: como devo estruturar a Análise Horizontal? Em anos crescentes ou descrescentes ? Observo que os balanços veem em ordem descrescente, porém em algumas explicações vejonos exemplos em ordem crescente. Att; Adriano Luís

  • Maxi Educa out 26, 2017

    Bom dia Adriano. Que bom saber que você gostou do nosso post. Agradecemos seu elogio. Aproveitamos para agradecer sua participação. Vamos a resposta de sua dúvida: Prezado Candidato. Obrigado pelo contato. Respondendo a sua duvida, a Analize Horizontal, tem o objetivo de mostar o crescimento ou a redução de intens de mesmo indicador dos Demonstrativos Contábeis ao longo dos Exercícios Sociais. Essa análise faz uma comparação entre eles. O correto é fazer a Analise Horizontal partindo do ano mais antigo, este que é considerado o ano base, e depois todos os demais valores dos anos subsequentes, sendo ela analisada de forma decrescente, do maior para o menor, por se tratar de uma análise comparativa, do ano atual contra os anos anteriores.

  • Antoninho Souza out 25, 2017

    Bom dia ! Gostei muito desse trabalho de análise financeira(AH e AV) !! Sou da área, mas as vezes deparava-me com alguma dúvida. Após analisar os modelos apresentados, as dúvidas dissiparam-se por completo !!!. Antoninho

  • Maxi Educa out 26, 2017

    Bom dia Antoninho. Ficamos felizes com seu comentário. É um enorme prazer saber que conseguimos ser precisos no esclarecimento de suas dúvidas. Continue acessando nosso blog, diariamente temos vários assuntos, de diversas áreas. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Joana iria câmara monteiro da silva out 28, 2017

    Muito bom esse material. Bem explicado e de fácil compreensão. Parabéns!

  • Maxi Educa out 30, 2017

    Bom dia Joana. Que bom que você gostou do nosso post, ficamos imensamente satisfeitos. Usamos uma linguagem simples e de fácil compreensão para que nossos leitores se saiam bem nas provas. Caso tenha interesse em algum tema, deixe-nos como sugestão. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Karina Nunes out 30, 2017

    Explicação excelente!

  • Maxi Educa out 31, 2017

    Bom dia Karina Ficamos gratos por sua participação. O melhor é saber que você gostou do nosso post. Acesse outros em nosso site, todo dia temos novidades. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

  • Daniella dez 01, 2017

    Explicação maravilhosa, durante a aula não tinha conseguido entender e vocês deixaram muito simples! parabéns, muito obrigada!

  • Maxi Educa dez 04, 2017

    Bom dia Daniella Ficamos felizes com sua participação e mais felizes ainda em saber que pudemos colaborar com seus estudos, clareando sua compreensão. Temos outros Blogs, continue de olho, para que possamos auxiliá-la ainda mais. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

Comente, sugira e participe:

 

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado