05 Principais dicas sobre as doenças diarreicas agudas que merecem destaque nos estudos

 

31 de outubro de 2017

 

Quando um concurso exige doenças diarreicas agudas surge aquela interrogação… Será que tem muito conteúdo para estudar? Ah, vou deixar de lado porque é irrelevante.

Caro amigo concurseiro é ai que você peca por desmerecer um assunto que parece ser fácil e que pode salvar a sua prova.

01. Terminologia

 

fonte: http://prensa-libre.com.mx
 

 A doença diarreica é uma síndrome causada por vários agentes etiológicos (bactérias, vírus e parasitas), cuja manifestação predominante é o aumento do número de evacuações, com fezes aquosas ou de pouca consistência.

Além desses sintomas é frequente o acompanhamento de vômito, febre e dor abdominal, podendo até mesmo a apresentar mucos no sangue.

02. Duração

 

Esse quadro é consideravelmente limitado, durando de 2 a 14 dias, já que podem variar de formas leves a graves, com desidratação e distúrbios eletrolíticos, principalmente quando associadas à desnutrição prévia.

 03. Agentes etiológicos

A doença diarreica é uma síndrome causada por vários agentes etiológicos (bactérias, vírus e parasitas) 

fonte: http://www.healthandtrend.com

 a) Bactérias – Staphyloccocus aureus, Campylobacter jejuni, Escherichia coli enterotoxigênica, Escherichia coli enteropatogênica, Escherichia coli enteroinvasiva, Escherichia coli enterohemorrágica, Salmonelas, Shigella desinteriae, Yersínia enterocolítica e Vibrio cholerae.

 b) Vírus – Astrovírus, Calicivírus, Adenovírus entérico, Norwalk, Rotavírus grupos A, B e C.

 c) Parasitas – Entamoeba histolytica, Cryptosporidium, Balatidium coli, Giardia lamblia e Isospora bell.

 04. Complicações das doenças diarreicas

As doenças diarreicas são uma síndrome causada por vários agentes etiológicos (bactérias, vírus e parasitas), cuja manifestação predominante é o aumento do número de evacuações

fonte: https://static.tuasaude.com

As complicações das doenças diarreicas surgem pela desidratação e desequilíbrio hidroelétrico, quando não for medicado de início, podendo, em casos mais extremos levar a óbito. Nos casos crônicos ou com episódios repetidos, acarretam desnutrição crônica, com retardo do desenvolvimento estato-ponderal.

05. Como é feito o diagnóstico?

fonte: https://blogdebienestar.files.wordpress.com

Via de regra, só pode ser feito entre os agentes causadores das diarreias através dos exames específicos. Quando ocorrem vários casos associados entre si (surtos), para o diagnóstico etiológico de um ou mais casos, ou da fonte de infecção, utiliza-se também o critério clínico-epidemiológico.

Para que ocorra a reidratação é preciso sal de reidratação oral (SRO), independente do diagnóstico obtido pelo médico.

Conheça a quantia de soro que deve ser ministrada nas crianças, em diferentes idades:

Persistindo os sinais de desidratação e se o paciente vomitar, deve-se reduzir o volume e aumentar a frequência da administração; manter a criança na unidade de saúde até a reidratação. O uso de sonda nasogástrica- SNG é indicado apenas em casos de perda de peso após as 2 primeiras horas de tratamento oral, de vômitos persistentes, de distensão abdominal com ruídos hidroaéreos presentes ou de dificuldade de ingestão. Nesses casos, administrar 20 a 30ml/kg/hora de SRO. Só se indica hidratação parenteral quando houver alteração da consciência, vômitos persistentes, mesmo com uso de sonda nasogástrica, a criança não ganha ou perde peso com a hidratação por SNG e na presença de íleo paralítico. Os antimicrobianos devem ser utilizados apenas na disenteria e nos casos graves de cólera (vide capítulo específico). Quando há identificação de trofozoítos de G. lamblia ou E. hystolytica, é recomendado o Metronidazol, 15 e 30mg/kg/dia, respectivamente, dividido em 3 doses, por 5 dias.

 E agora? Viu como temos um vasto número de informações sobre as doenças diarreicas?

Participe deixando seu comentário.

Tutor: Antonio Carlos Gelamos

 

31 de outubro de 2017

 

Comente, sugira e participe:

 

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado