Escala de Glasgow: Uma escala muito utilizada para avaliação neurológica que teve mudanças neste ano de 2017

 

26 de dezembro de 2017

 

Escala de Coma de Glasgow ou Glasgow Coma Scale (GCS), conhecida em português como escala de Glasgow, é uma escala neurológica que permite quantificar o nível de consciência de uma pessoa que tenha sofrido um traumatismo crânio-encefálico. É usada durante as primeiras 24 horas posteriores ao trauma e avalia três parâmetros: a abertura ocular, a resposta motora e a resposta verbal.

Escala de Coma de Glasgow ou Glasgow Coma Scale (GCS), conhecida em português como escala de Glasgow, é uma escala neurológica que permite quantificar o nível de consciência de uma pessoa que tenha sofrido um traumatismo crânio-encefálico.

fonte: http://aenfermagem.com.br

Avaliação Sistemática

A nova escala foi sistematizada em quatro passos para neste esquema apresentado:

Adaptação: https://enfermagemcuidadosintensivos.blogspot.com.br

Deste modo, avaliação sistemática apresentado, configura numa assistência segura para o cliente, como também, aprimora o atendimento resultando em uma avaliação mais minuciosa e descritiva para um atendimento qualificado.

Como era e o que mudou

 

 

 

Adaptação: https://questoesdefisiocomentadas.wordpress.com/tag/escala-de-coma-de-glasgow/

Forma de apresentação dos resultados

 Na mudança da escrita da Escala também ocorreu, quando escrevemos a escala não será apenas a somatória dos pontos e dos critérios, e sim cada pontuação de cada critério junto com a somatória.

Abertura Ocular = O

Resposta Verbal = V

Melhor Resposta Motora = M

Para quantificar o resultado da avalição da escala de coma de Glasgow, você escreverá a letra da etapa e a pontuação após a letra, e depois somará os números, totalizando assim o resultado:

Exemplo: O3V4M6 = 13

Como vimos, a saúde e os instrumentos vem sofrendo constantes modificações para melhorar a qualidade no atendimento, segurança ao paciente, além de aprimorar os profissionais. Vamos apresentar a Escala de Glasgow Pediátrica.

 

Escala de Glasgow Pediátrica

A Escala de Glasgow em Pediatria é um instrumento de avaliação padronizado, para avaliar o nível de consciência de uma criança, caracterizado por um teste neurológico e sendo um indicador seguro. Como na escala de Glasgow adulto, a escala compreende nos três testes: respostas de abertura ocular, resposta verbal e capacidade motora. Os três valores separadamente, assim como sua soma, são considerados, como na escala do adulto acima descrito. A soma total de 15 pontos corresponde a uma criança completamente lúcida e orientada. A soma de 3 pontos corresponde a uma criança em coma. A pontuação é a medida objetiva para quantificar o nível de consciência.

http://enfermagembio.blogspot.com.br

 A escala de coma de Glasgow foi criada para auxiliar nos testes neurológicos de acidentes que envolvam politraumatismo, incluindo traumatismo crânio-encefálico. Mensura pacientes em estados comatosos e dificuldades na definição da extensão da lesão cerebral.

Para este fim de ano, último blog da Terça com Saúde deixamos a mensagem para todos que acompanham nosso trabalho:

Caro Passado: Grato por todas as Lições. Caro Futuro: Estou Pronto!!!

Sonia Tavares

Lembramos que a leitura é de caráter informativo.

 Referências

Disponível em: https://enfermagemcuidadosintensivos.blogspot.com.br/2017/02/vem-ai-nova-escala-de-coma-glasgow.html
Esperamos que tenha gostado. Caso tenha gostado ou queira deixar um recado, deixe aqui como sugestão para as demais pessoas.

 Tutor

Antonio Carlos Gelamos

 

26 de dezembro de 2017

 

Comente, sugira e participe:

 

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado