Você sabia que o dia Primeiro de Outubro é o dia Internacional da pessoa Idosa? Então vamos aproveitar e aprender mais sobre esse assunto

 

3 de outubro de 2017

 

Vamos abordar um pouco sobre a População Idosa e o envelhecimento saudável!!!

Você sabia que em 2015 foram registrados 900 milhões de pessoas idosas?

População Idosa

Segundo o Estatuto do Idoso no Art. 10 É instituído o Estatuto do Idoso, destinado a regular os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos.
O envelhecimento ativo e saudável consiste na busca pela qualidade de vida por meio da alimentação adequada e balanceada, prática regular de exercícios físicos, convivência social estimulante, busca de atividades prazerosas e/ou que atenuem o estresse, redução dos danos decorrentes do consumo de álcool e tabaco e diminuição significativa da automedicação. Um idoso saudável tem sua autonomia preservada, tanto a independência física, como a psíquica.

Mês de Outubro em atenção à População Idosa

fonte: http://saudebusiness.com

Prevenção de Agravos

O envelhecimento é fisicamente caracterizado por uma degeneração gradual e progressiva dos órgãos, tecidos e metabolismo, acarretando enfraquecimento de muitas funções. Há também perda de energia e alterações na aparência e condições psicológicas.
É justamente neste período que se apresentam as repercussões de doenças crônico-degenerativas, principalmente as relacionadas ao aparelho cardiocirculatório. Estas repercussões são as principais causas de morte entre os idosos, seguidas pelas neoplasias. Ocorrem ainda em grande frequência incontinência urinária, instabilidade postural e quedas, imobilidade, demência e depressão.
Queixas frequentes de tontura, alteração da visão ou audição, dores localizadas ou generalizadas, isolamento social, temperamento instável, pressa para ir ao banheiro, entre outros, são sinais e sintomas que se percebidos e considerados logo no início, podem determinar uma assistência mais segura ao idoso.
Outra importante atividade de prevenção é a vacinação contra gripe e pneumonia, recomendada pela OMS.
Estas vacinas encontram-se atualmente disponíveis em quase todas as unidades básicas de saúde e, geralmente sob a estratégia de campanha, são utilizadas as vacinas dupla tipo adulto, antiinfluenza e antipneumocócica.

fonte: https://www.cuidarte.com.br

Promoção à Saúde

As atividades ligadas à promoção à saúde dos idosos devem ser realizadas junto a eles próprios e à sociedade como um todo. Entretanto, faz-se necessário ter a clara ideia de que um envelhecimento saudável começa hoje, com a adoção de hábitos saudáveis no presente (adulto jovem) para gerar tranquilidade no futuro. As atividades devem estar voltadas para a divulgação de informações acerca do processo de envelhecimento para o idoso, sua família e cuidadores de idosos dependentes.
É importante empenharmos nossos esforços para estimular a reflexão e mobilizar a sociedade, de modo a facilitar e garantir o acesso e a permanência dos idosos em todas as atividades físicas, laborativas, etc.
Uma forma criativa de garantir o envolvimento dos idosos em atividades de lazer é a realização de passeios por locais de visitação pública, como praças, jardins zoológicos e botânicos, onde poderão desenvolver atividades físicas leves e, ao mesmo tempo, conhecer novas informações. É importante que os idosos iniciem ou retomem atividades que desenvolviam quando mais jovens, o que traz benefícios à sua saúde como um todo.


fonte: https://elosdasaude.wordpress.com

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DE SAÚDE E ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE

O ritmo de envelhecimento da população mundial está aumentando rapidamente. Em 2050, estima-se que o número de pessoas com 60 anos ou mais chegue a 2 bilhões, em contraponto com os 900 milhões registrados em 2015. Uma criança nascida no Brasil em 2015, por exemplo, pode aspirar viver 20 anos a mais que uma criança nascida há 50 anos. Atenta a esses números, a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, no marco do Dia Internacional da Pessoa Idosa, chama a atenção para uma questão essencial: O Envelhecimento Saudável.
Uma vida mais longa traz consigo oportunidades, não só para os idosos e suas famílias, mas também para as sociedades como um todo. Anos de vida adicionais fornecem a possibilidade de buscar novas atividades, tais como educação e uma nova carreira. Os idosos também contribuem de muitas formas para suas famílias e comunidades. No entanto, a extensão dessas oportunidades e dessas contribuições depende muito de um fator: a saúde.

fonte: http://telessaude.ufsc.br

Atualmente, há poucas evidências de que os idosos de hoje estão experimentando sua idade mais avançada melhor que a de seus pais. Embora as taxas de grave incapacidade tenham diminuído nos países de alta renda nos últimos 30 anos, não houve mudança significativa nas taxas de incapacidade leve e moderada durante o mesmo período.
Se as pessoas puderem experimentar esses anos extras de vida gozando de boa saúde e vivendo em um ambiente de apoio, sua capacidade de fazer as coisas que valorizam seria pouco diferente do que a de uma pessoa mais jovem. Se esses anos adicionais são dominados por declínios na capacidade física e mental, as implicações para os idosos e para a sociedade são mais negativas.

“Quando morre um idoso, perde-se uma biblioteca”
Provérbio Indiano

Esperamos que tenha gostado. Caso queira deixar um recado, deixe-o aqui como sugestão para as demais pessoas.

Aproveite e complemente este blog com o que postamos anteriormente sobre Doenças crônicas não transmissíveis.

Abordagem sobre as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) e seus aspectos Multifatoriais.

 

Referências
BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde. Departamento de Gestão da Educação na Saúde. Projeto de Profissionalização dos Trabalhadores da Área de Enfermagem. Profissionalização de auxiliares de enfermagem: cadernos do aluno: saúde coletiva. 2. ed. rev., 1. reimpr. Brasília: Ministério da Saúde; Rio de Janeiro: Fiocruz, 2003.
Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e Organização Mundial de Saúde. Disponível em: http://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5515:no-dia-internacional-da-pessoa-idosa-opas-chama-atencao-para-envelhecimento-saudavel&Itemid=820

Tutor
Antonio Carlos Gelamos

3 de outubro de 2017

 

Comente, sugira e participe:

 

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado