Salvar e Salvar como: descubra qual a diferença entre essas duas opções!

 

27 de dezembro de 2017

 

1 – Salvar e Salvar como: Introdução

 Você já usou a opção “Salvar” e a “Salvar como” nos programas de computador? Sabe qual a diferença entre as duas?

Esses dias um aluno me mandou a seguinte mensagem no Facebook:

 

Como podem ver na mensagem, apesar dos errinhos de Português, ele queria saber quais os passos para “Salvar como”, um novo arquivo, no PowerPoint.

Logo pensei:

Então usei todas as possibilidades para explicar para ele. Também quer saber de todos os detalhes para não ter erro nas questões de concurso? Então, continue lendo esse post!

2 – PowerPoint

 O Power Point é um software aplicativo, ou seja, um programa de computador, usado para desempenharmos algumas tarefas, mais especificamente, criar apresentações em slides com recursos multimídia como som, imagens, vídeos e outros.

Ele é um dos programas que compõem o Pacote Office, constituído de um conjunto de softwares inspirados em trabalhos de escritório como textos (declarações, cartas, memorandos, certidões e outros), planilhas de cálculo (somas, médias, funções entre outras) e outros diversos trabalhos que tiveram, com a sua informatização, otimizações como rapidez, confiabilidade, redução da margem de erros, ganho em qualidade, entre outras muitas vantagens. Os softwares mais conhecidos do Pacote Office são: Word (editor de texto), Excel (editor de planilhas eletrônicas) e PowerPoint (editor de apresentações). Vamos manter nosso foco no PowerPoint, apenas explanando seus conceitos para entender completamente a questão do meu aluno.

Com o passar do tempo o programa inicial foi sofrendo melhorias, adaptações e ganhando novas funcionalidades. Assim, surgiram várias versões do mesmo programa. Então, existe PowerPoint em várias versões:

Imagem ilustrativa de algumas versões do PowerPoint

E é isso, a versão do programa, uma das primeiras coisas que devemos saber para analisar corretamente a questão. Dependendo da versão, os passos para “Salvar como” podem ser diferentes.

Olhem as imagens a seguir. Sem aplicar o exato contexto que meu aluno perguntou, o local onde fica o “Salvar como”, é diferente nas versões usadas como exemplo:

Imagem ilustrativa: Salvar como nas versões 2010 e 2000

Parecem iguais?

Na versão 2010, se eu fosse te falar onde está o “Salvar como”, eu diria: na Guia Arquivo (ou na Aba Arquivo). Na versão 2000, eu te diria que está no Menu Arquivo.

Esse é um detalhe a ser levado em consideração quando analisar uma questão de concurso que aborda softwares: qual a versão do programa?

No caso do meu aluno, a versão que a questão pedia era a 2013 e é esta que usaremos nesse post!

Agora que você já sabe o conceito do PowerPoint e já sabe a versão que trabalharemos, vamos continuar a entender a questão!

3 – Quais os passos para “Salvar como”? 

Vamos imaginar que é só com isso que temos que nos preocupar: quais os passos que precisamos para “Salvar como”?

Sabendo que usamos a versão 2013 desse programa, a resposta seria:

1 – Clique na Guia Arquivo, com o botão esquerdo do mouse, conforme demonstra a figura a seguir:

Clique em “Salvar como”, com o botão esquerdo do mouse.

2 – Clique em “Salvar como”, com o botão esquerdo do mouse.

3 – Escolha em qual lugar do computador deseja gravar o arquivo. Caso o local desejado não esteja aparecendo entre as pastas recentemente utilizadas (Pastas Recentes), clique no botão “Procurar” e especifique o local. Lembre-se: o local pode ser uma mídia de armazenamento externa, como um pendrive, um HD externo ou um local de rede.

4 – Será aberta a janela “Salvar como”:

Você já usou a opção Salvar e a Salvar como nos programas de computador

 

4.1 – Especifique o nome do arquivo. Você pode manter o nome padrão dos arquivos do PowerPoint que é formado pela palavra Apresentação e seu número sequencial, ou pode digitar o nome que desejar, desde que não possua caracteres especiais.

4.2 – Escolha o “Tipo do Arquivo”. Esse item determina a extensão do arquivo. É formado por 3 ou 4 caracteres, que aparecem depois do nome e de um ponto. Tem a finalidade de indicar em qual programa o arquivo foi feito, em quais programas esse arquivo poderá ser aberto e também a versão do programa em que foi salvo.

Por exemplo: Arquivos criados no Word 2013, tem a extensão padrão “.docx”. Arquivos criados no Excel 2013, possuem a extensão padrão “.xlsx”. Arquivos criados no PowerPoint 2013, possuem a extensão padrão “.pptx”.

Já na versão 2003 dos mesmos programas, as extensões seriam, respectivamente: “.doc”, “.xls” e “.ppt”.

Veja que eu usei o termo “extensão padrão”, pois podemos alterar a extensão do arquivo. Vejam quantas opções encontramos no PowerPoint 2013:

4.3 – Após escolher o local onde irá gravar o arquivo, seu nome e o tipo do arquivo, clique no botão “Salvar”.

Prontinho!

Seu arquivo está gravado!

Você concluiu o “Salvar como”.

3 – Como “Salvar” um arquivo?

Agora que entram os detalhes da questão do meu aluno: quais os passos para Salvar como, um novo arquivo!

Antes de entrarmos nesse detalhe, vamos conhecer o Salvar. Ele é muito parecido com o “Salvar como”. Veja os procedimentos para “Salvar” um arquivo, sendo que ele já tenha sido gravado uma primeira vez e está em edição:

1 – Clique na Guia Arquivo:

2 – Clique em “Salvar”:

Pronto!!!! Seu arquivo está salvo!

O “Salvar” grava as alterações realizadas sobre o arquivo anterior. Então, você perde o arquivo no estado anterior às alterações e fica com o arquivo atualizado.

E essa é a grande diferença entre o “Salvar” e o “Salvar como”:

– Salvar: após o arquivo ter sido salvo uma vez, grava as alterações sobre esse arquivo, descartando seu estado anterior.

– Salvar como: sempre abre as opções para você escolher um outro local, outro nome, outro tipo de arquivo, mantendo o original e salvando outro arquivo.

Mas isso só é assim, se o arquivo já tiver sido gravado uma vez. Caso o arquivo seja novo…

4 – Como “Salvar como” um arquivo novo?

Esse é o grande detalhe da questão do meu aluno! Se ele usasse os passos descritos no item “3. Quais os passos para “Salvar como”?” poderia estar errado.

Caso o arquivo seja novo, ou seja, não tenha sido salvo ainda, mesmo clicando na opção “Salvar”, os passos do “Salvar como” seriam acionados.

Pense bem!

Se o arquivo não foi gravado ainda, precisamos especificar em qual locar será salvo, qual o nome que receberá e qual o tipo do arquivo.

Por esse motivo, eu responderia essa questão com os seguintes passos:

1 – Clique, com o botão esquerdo, na Guia Arquivo.

2 – Clique, com o botão esquerdo, em “Salvar” ou “Salvar como”.

3 – Defina em que local o arquivo será gravado.

4 – Escolha um nome para este arquivo ou apenas deixe o nome padrão.

5 – Escolha o tipo do arquivo ou apenas deixe o tipo padrão.

6 – Clique, com o botão esquerdo, no botão “Salvar”.

Veja que se o arquivo for novo, os itens 4.1, 4.2 e 4.3 do nosso post também serão realizados, mesmo clicando no botão “Salvar”!

Gostou do nosso post?

Deixe aqui seu comentário e mais sugestões que teremos grande prazer em lhe atender.

Imagem destacada: https://icones8.fr/icon/13280/write-on-diskette

Elaboração: Alessandra Alves Barea

27 de dezembro de 2017

 

Comente, sugira e participe:

 

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado