10 Dicas sobre como aprender Espanhol.

Por Maxi Educa 14 dez 2015 - 6 min de leitura
6 min

142396534
O idioma Espanhol vem sendo cada vez mais utilizado devido sua facilidade e proximidade perante as outras línguas. É comum que em provas o foco seja em interpretação de texto, gramática no geral, entre outras, contudo, cheio de pegadinhas que assustam os desavisados. Aqui, iremos discorrer sobre algumas dicas para que você não seja pego desprevenido durante a realização de uma prova.

1. Tenha a vontade sincera de aprender.
Quando nós nos entregamos aos estudos, temos a ciência que será um tempo precioso e ao mesmo tempo cansativo que “perdemos” muitas vezes tentando aprender algo que não gostamos ou, muitas vezes, “fingimos” que entendemos aquilo para que possamos adiantar. Será que está correto esta maneira de estudar, caro leitor?

Devemos pensar sempre que a matéria que toma mais tempo é aquela que temos mais dificuldade e, por consequência, acaba sendo a que achamos mais chato, inconscientemente. Devemos aprender o conteúdo não apenas para prestar um concurso ou uma prova que estamos fazendo naquele momento, mas sim para a nossa vida.
A língua Espanhola encontra-se presente cada vez mais no nosso dia-a-dia. Desta forma, a vontade de querer aprender a mesma pode ir além do que se é esperado, inclusive, facilitando até os estudos, tornando-os mesmo dispendiosos.

2. Visão a longo prazo.
Entende-se que ao se submeter a um teste de avaliação, sendo ele o vestibular ou concurso, está buscando algo que possa mudar a sua vida, sendo para uma vaga na universidade ou para o cargo de emprego tão almejado.

Desta forma, deve-se compreender que todo o esforço e dedicação aos estudos não são será algo sem utilidade. Podemos ver na língua Espanhola que o conteúdo pode ser o mesmo em caso de vestibular ou concurso público.
Desta maneira, compreende-se que todo o esforço que será demandado por você, nesse momento tão delicado, apresentará frutos em um futuro próximo.

3. Interpretação de texto.
Estar preparado para dispender um tempo precioso da prova para interpretar o texto pode ser a diferença entre você estar dentro ou fora daquela vaga de concurso. Desta maneira, antes de responder as questões corretas da prova, volte ao texto e analise as alternativas. As vezes o erro pode ser encontrado apenas por estar diferente do enunciado.

Desta forma, assegura-se para que as questões estejam de acordo com o que está escrito no texto, inclusive, tome cuidado, pois a banca costuma trocar as palavras para que o candidato se confunda. Ao responder as questões, procure no texto se as palavras referentes são sinônimas. Desta forma, suas chances de gabaritar na matéria será maior.

4. Gramática.
Para se ter uma boa chance na hora de interpretar o texto, é necessário conhecer as principais regras gramaticais da língua Espanhola. Neste caso, esteja preparado para o que possa vir em conjunto com a prova, já que a banca adora trocar detalhes, de tal maneira que acaba por confundir o candidato.

Fique atento ao sujeito, tempo e lugar, uma vez que nas provas é muito comum esses detalhes aparecerem trocados. O sentido, tempo e o modo verbal costumam estar trocados, alterando as informações ali presentes.

5. Falso cognato.
O falso cognato corresponde a palavras que são semelhantes na grafia, contudo, difere-se em seu significado na língua Espanhola. Muito cuidado ao se deparar com essas palavras!

Por ser idiomas de origem próximo, muitas vezes achamos que sabemos seu significado ou ao menos arriscamos o mesmo, e é aí que mora o perigo. Os falsos cognatos podem aparecer em uma frase com um significado em Espanhol e um “achismo em Português”.

1

Para que esses pequenos deslizes não passem em branco, procure ter sempre um dicionário em mãos para que possa auxiliar seus estudos. Abaixo, citaremos alguns exemplos comumente encontrados em prova de Espanhol.

tabela 1

6. Buscar questões referentes ao assunto.
Ao buscar questões que já foram elaboradas em provas de concurso e/ou vestibular referentes a língua Espanhola, você, caro candidato, passa a se familiarizar com o que poderá vir ser a prova e seu respectivo nível de dificuldade.

Não é possível adivinhar o que cairá, contudo, é possível se preparar com o que já foi elaborado, uma vez que as questões não mudam tão drasticamente, não na língua Espanhola. Essas questões podem ser encontradas nos links abaixo.

* https://www.pciconcursos.com.br/provas/
* https://www.qconcursos.com/

7. Leia textos em Espanhol.
Nosso cérebro costuma funcionar como um HD de um computador. Quanto mais inserirmos informações nele, maior será o seu banco de dados e mais completo será seu sistema de busca quanto a aquisição de músicas, vídeos, entre outras coisas.

Ao lermos textos em língua estrangeira, inicialmente, perdemos um tempão procurando significado de palavras e/ou compreender o seu sentido (lembra dos falsos cognatos?). Contudo, após se habituar com a língua, essas leituras vão ficando menos dispendiosas. Isso ocorre pois o cérebro passa a associar as palavras com seu real significado, dando sentido ao texto e tornando a leitura mais prazerosa e menos cansativa.

8. Ouça músicas em Espanhol.
Para quem gosta de música, estudar Espanhol desta maneira pode ser um método divertido para estar em contato com a língua. É pela música que desde os primórdios os artistas exprimiam seus desejos e/ou o que estavam pensando, podendo seguir regras que variavam conforme época, civilização, entre outros.

Além disso, é na música que costuma-se apurar a audição, relacionando as palavras já conhecidas com as que os (as) autores (as) estão utilizando e o que elas querem dizer naquele instante, se são palavras de protesto ou canções de amor.
Aos interessados no assunto, podemos citar os cantores Alejandro Sanz, Julio Inglesias, Mana, entre tantos outros.

9. Veja vídeos em Espanhol.
Acompanhar diversos vídeos na língua Espanhola, sendo por filmes, seriados ou outros, nos permite conhecer, além da situação decorrente daquele momento, outros sotaques e maneiras de se comunicar.

Apesar da língua ser comum, cada indivíduo da população tem seu hábito, sotaque, velocidade e etc. Desta maneira, costuma-se utilizar filmes para o estudante já ir se adaptando a essa realidade. Além disso, procure assistir filmes sem legenda. Abaixo, deixaremos algumas dicas de filmes (sem legenda) para que possa experimentar essa técnica:

1

10. Converse em Espanhol.
Essa dica seria em especial para aquele candidato com um nível de conhecimento mais elevado quanto a utilização da língua Espanhola. No momento em que você consegue elaborar um diálogo em Espanhol, seu cérebro começa a pensar e gerir as informações na mesma língua e com uma maior rapidez. Não entendeu? Vamos lá!

Normalmente, quando estamos estudando uma língua estrangeira, o processo de aprendizagem ocorre da seguinte maneira:

Recebimento da informação – Tradução – Compreensão da informação
Isso é algo extremamente normal para quem está estudando alguma língua nova. Passamos um tempo para “digerir” a informação até sua compreensão. Contudo, quando conversamos em Espanhol, forçamos nosso cérebro a assimilar as informações na própria língua e, desta maneira, passamos a pensar em Espanhol. Desta maneira, pulamos o processo de tradução e passamos a estabelecer uma relação dialética de recebimento da informação e compreensão e, por seguinte, elaboração da resposta com mais rapidez.

Tutor Thiago de Andrade Águas
Gostou do Assunto? Deixe Sua opinião ela é muito importante para nós.

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais