fbpx

Tenha certeza de que vai estudar para a área certa!!

Por Matheus De Marchi 31 jan 2020 - 6 min de leitura
6 min

Estudar para um concurso público é uma atividade séria. Séria de verdade, não séria tipo o MP no Brasil. Essa atividade vai consumir seu tempo, paciência, foco, dedicação (…).

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar. Imagine o seguinte cenário: você estudou por 2 anos da maneira correta (aquela que judia mesmo), conseguiu o cargo que você pensava que queria e dois anos depois pula fora do barco porque está frustrado!

Isso acontece muito! Chega um momento em que as pessoas percebem que lutaram para chegar em um lugar que na verdade não queriam. Esse blog vai garantir que você não seja uma dessas pessoas!

Você vai encontrar aqui algumas dicas para conseguir escolher a melhor área de estudos/trabalho e garantir que se quiser mudar de profissão (porque acontece), não será por frustração.

Confira a seguir!

Veja além da remuneração para a sua área

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar.
<https://giphy.com/search/just-money>

Essa é a dica mais difícil de ser digerida. E eu entendo perfeitamente!

Dinheiro traz felicidade sim, não importa o que digam e a gente quer um monte dele. Seguindo esse pensamento, é natural que quando formos escolher um cargo/objetivo nós pensemos primeiro na recompensa (dinheiro) e só depois, se for conveniente, no que nós gostamos.

“Já que eu vou me f#¨@* estudando, vou fazer isso para ganhar bem”.

Muitas pessoas fizeram/fazem isso e dá certo. Têm um emprego legal, um salário legal e levam até a aposentadoria uma atividade que apesar de entregar retorno financeiro não entrega retorno pessoal.

Isso funciona para o mundo exterior, onde as pessoas enxergam a superfície da vida do(a) cidadão(a). O problema disso está em outro lugar: executar uma atividade que você não gosta tem um monte de consequências em sua vida pessoal que pode retornar à sua vida profissional.

E olha, ninguém está dizendo que você deve fazer voto de pobreza para fazer o que gosta, a dica só gira em torno de encontrar o que gosta (com um bom salário), e não só olhar para o $.

O primeiro passo é escolher a melhor área para você. Feito isso a gente procura um salário legal também!

O que te interessa na sua área?

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar.
<https://giphy.com/gifs/south-park-cartoons-14k2L68sg1rVZu>

Melhor: o que te interessava?

– Quando?

– Antes de você “tirar” o seu CPF!

 Com a vida adulta um monte de desejos/sonhos que tínhamos quando éramos “novos” morrem. Não é o ideal, mas é o que acontece e as pessoas aceitam isso com normalidade (fazer o que?).

Algumas coisas estão fora do nosso alcance de verdade: eu já quis ser o primeiro volante do Parmeira (sim, primeiro volante!), mas com minhas habilidades futebolísticas essa possibilidade nunca existiu de verdade.

Fora os sonhos impossíveis como o meu, muitas pessoas se distanciam das coisas que sonhavam/gostavam. Tudo bem… Acontece!

Mas existem alternativas. Comecem eliminando os sonhos impossíveis (como o meu).

Agora se lembre que você gostava/gosta de fazer? Sobre o que gostava/gosta de falar? Lia/lê sobre algo? Tinha/tem afinidade com alguma matéria?

Algumas respostas pularam na sua cabeça? Excelente! Você vai daí!

Escolher a área de atuação com base em suas afinidades é um ótimo começo para os estudos. Se imaginar fazendo o que gosta vai lhe dar motivação para continuar e até facilidade em determinadas matérias. Achando sua praia, o quiosque com o melhor salário estará logo ali!

Elimine o “jamais”

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar.
<https://giphy.com/gifs/reaction-never-carrie-underwood-l7SdDZrjpKLSM>

Existe algo que você já disse que jamais faria?

Tá…

Tem uma versão certa e uma errada nessa fala aí. Se você nunca faria algo porque vai contra suas crenças/moral, ohkey! Você está certo(a) e nem vamos nos alongar no assunto.

Agora, se existe algo que falou que jamais faria porque pensa que não conseguiria por acreditar que é difícil demais (muita concorrência e poucas vagas) ou por vergonha de tentar/falhar, você está errado(a)!

Se algo é difícil, é difícil para todo mundo. Aquela pessoa que parece ter nascido para isso, com certeza levou vários tombos até conseguir a excelência em seja lá qual atividade. A diferença é que ela decidiu que faria alguma coisa e foi, repetidas vezes!

Você não deve excluir nenhuma possibilidade por pensar que não consegue ou que não é para você. Se a área que lhe trará tranquilidade parece muito distante, melhor então começar a caminhar na direção dela logo.

Não fique com a segunda ou terceira opção de cargo por receio do difícil.

Esqueça os planos

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar.
<https://giphy.com/gifs/clasharama-BHNVC6suWIKs>

Planos são ótimos quando funcionam!

Só que as vezes eles não saem como queríamos e precisamos muda-los ou adaptá-los.

Isso pode ser uma decisão difícil. Pode parecer que você dedicou muito tempo da sua vida em uma coisa para só… jogá-la fora...? Eu entendo.

Mas pense assim, você ainda tem muito tempo por vir, vai continuar dedicando-o para algo que não serve para você? Isso não vai ser mais desperdício ainda?

Você estuda há muito tempo para uma carreia policial porque alguém lhe mostrou os benefícios da estabilidade e plano de carreira. Ótimo. É um bom cargo! Você já até planejou sua evolução dentro da corporação. Ótimo, você faz planos!

No meio do caminho você descobriu no cursinho preparatório que tem uma baita facilidade para ensinar, as pessoas te procuram e você se sente bem fazendo isso.

Pegou a dica? Por que não mudar os planos? Direcione seus estudos a um cargo na área da educação (eu sei que soa improvável, mas vamos só focar no exemplo). O tempo que você pensa que vai perder na verdade é um tempo que você pode ganhar fazendo o que gosta e lhe faz bem.

Ache um “véio(a)”

Considerando que você está decidido a entrar nessa ou ainda, já está nela, é fundamental que você pense muito bem em qual área você quer entrar.
<https://giphy.com/gifs/disney-photoset-12IH6Dbg7xTvPO>

Sim… Sempre existe a possibilidade de nos casarmos com o véio(a) ryco(a). Mas isso está ficando tão difícil quanto ganhar na Mega.

Sendo mais realistas, vamos procurar outro velho(a).

– Qual?

Um que trabalhe onde você quer trabalhar. Se você conhecer alguém que ocupa o cargo que você quer há muito tempo ou atua na área, vale a pena um bate papo. Pessoas mais experientes podem te ajudar muito nessa tomada de decisão mostrando se o trabalho dos seus sonhos é realmente o que você pensa.

É uma conversa que pode lhe ajudar a mudar os planos ou encorajar de vez a seguir esse caminho.

Porque as vezes só ler o nosso blog não é o bastante.

Pensou sobre isso? Dedique-se a chegar onde você será feliz. Depois disso pode ter certeza de que o dinheiro virá naturalmente.

Tem alguma dica sobre como encontrar sua área correta de estudos? Compartilhe conosco!

Bons estudos e ótima prova!

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais