Você sabe conhece o sistema de correção de provas do ENEM chamado TRI?

Por Fernando Massarotti 19 set 2019 - 3 min de leitura
3 min

Salve, salve vestibularianos. Você sabe o que é o TRI (Teoria de Resposta ao Item)? Pois é, muita gente não conhece o algoritmo de correção de provas do ENEM. Mas não se preocupe porque após esta leitura rápida e agradável vai ficar tudo mais claro. Então borá lá.

A nota final do ENEM não simplesmente aplicada somando a quantidade de acertos que você teve (estou falando da prova objetiva, a redação é outra coisa), ela é calculada por um algoritmo bem esperto que consegue medir o quanto você estudou determinado assunto e se você está chutando alguma questão na prova.

Bateu aquele medinho agora né? Achou que era só chegar no dia da prova, chutar tudo e ia ser tudo beleza. Ou estudou um assunto e deixou outros de lado e estava contando com aquela ajudinha sobrenatural para te fazer escolher a alternativa certa.

 

Você sabe o que é o TRI (Teoria de Resposta ao Item)? Pois é, muita gente não conhece o algoritmo de correção de provas do ENEM.

https://giphy.com/gifs/starwars-3o7abrH8o4HMgEAV9e

 

Bom, então vamos esclarecer como funciona o TRI.

 

A primeira coisa que precisamos ter esclarecido na cabeça é que existem 3 tipos de níveis na prova do ENEM. 25% das questões são de nível fácil, 50% de nível médio e 25% de nível difícil. Mas não se confunda, a pontuação também não é baseada somente em quantas questões de cada nível você acertou.

A segunda coisa que não podemos esquecer é que o ENEM tem subdivisões dos conteúdos em suas questões, e isso é considerado pelo TRI. Nas ciências da natureza temos várias áreas (química, física, biologia) então por exemplo bem aleatório (só que não) vamos pegar a disciplina de Química (que coincidentemente é a mais legal do mundo, só aceitem). Dentro da disciplina de Química temos várias subdivisões como Orgânica, Físico-Química, Eletroquímica, Termoquímica, etc., e dentro do conjunto de questões da prova do ENEM tem 6 Inorgânica.

Em seguida vamos imaginar que a dificuldade delas está dividida em 2 de dificuldade fácil, 2 de médias e 2 difíceis. E suas resposta foram as seguintes, você acertou 2 fáceis, 1 média e errou as 2 difíceis. O algoritmo vai entender que você dedicou um certo tempo de estudo para esse conteúdo e por isso acertou as fáceis e uma das médias.

Agora se as suas respostas forem as seguintes, você errou as 2 fáceis e as 2 médias, mas acertou as 2 difíceis. O algoritmo vai entender que todas as suas respostas foram chutes, por conta de ter errado até as questões fáceis.

 

https://giphy.com/gifs/celebrity-reshuffle-aWPGuTlDqq2yc

 

Entendeu agora o motivo de que quando você acerta o mesmo número de questões que o seu coleguinha vocês ainda tem notas diferentes?

Por isso que se deve estudar todos os conteúdos e se preparar para o ENEM, pois o TRI vai estar lá para te boicotar se estiver pensando em ir na prova e só chutar as respostas. E para sua sorte além de eu te trazer essa belíssima informação do que é o TRI, também vou te dar a solução para tirar nota 1000 no ENEM, segura ai esse link: Apostila Super Top Para Ser Aprovado No ENEM.

 

https://giphy.com/gifs/robert-downey-jr-thumbs-up-no-problem-tCV2LrPPYfqCY

 

Certo aprendizes de Jedi? Espero ter consigo transmitir para vocês a importância de se preparar para o ENEM, e também mostrar que não vale a pena chutar na prova. Não se esqueçam de navegar pelo site de Maxi, deem uma boa conferida no nosso canal do YouTube também, garanto que não vão se arrepender.

 

https://giphy.com/gifs/thank-you-keanu-reeves-QAsBwSjx9zVKoGp9nr

 

Grande abraço e até a próxima.

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais