Vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle?

Kindle
Por Matheus De Marchi 24 fev 2020 - 6 min de leitura
6 min

Entre as escolhas que você faz quando vai estudar para concursos e que normalmente envolvem questões mais aparentes como escolher um bom material, fazer um planejamento de estudos ou optar por um cursinho, algumas outras escolhas – não tão óbvias – acabam gerando certa insegurança.

Hoje eu vou falar com você sobre uma dúvida mais comum do que parece e que divide a opinião de muita gente entre os que defendem o uso dessa ferramenta e os que não se adaptam de forma alguma. Vou mostrar a seguir se vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle.

O spoiler com a resposta para essa pergunta é o termo mais utilizado nesse blog quando abordamos qualquer discussão: depende!

Confira abaixo do que exatamente depende essa resposta e não fique desconfiado, a Amazon não está me pagando comissão pelo post (e olha que eu aceitaria!).

Kindle? Pra que isso gente?

Vou mostrar a seguir se vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle.
<https://giphy.com/gifs/reaction-mood-dILrAu24mU729pxPYN>

Antes de falar sobre as vantagens ou desvantagens de se utilizar um Kindle para os estudos, me deixem justificar o porquê da escolha dessa ferramenta e, caso você não saiba muito bem do que eu estou falando, apresenta-la.

O Kindle nada mais é do que um e-reader – leitor digital –. Em um tempo em que se tornou comum as empresas/pessoas lançarem e comercializarem e-books –livros digitais–, nada mais óbvio do que você ter uma ferramenta específica para lê-los que não seja o seu computador, smartphone, tablet…

De forma bem simplificada ele é isso mesmo: uma ferramenta para que você tenha acesso aos seus documentos/conteúdos digitais.

Você me pergunta: mas só isso?

– Eu te respondo: não! Tem mais funções… Essa é a ideia básica.

Você me pergunta: Mas meu smartphone já não faz isso?

– Eu te respondo: faz. Mas tem diferenças que eu vou explicar já já.

Você me pergunta: E por que o Kindle e não outro e-reader?

– Eu te respondo: porque meu chefe de blog quer falar sobre ele!

. Não é bem assim… Já vou aproveitar para deixar claro: o Kindle não é o único e-reader que existe. Outras ferramentas populares são o Lev (Saraiva) e o Kobo (Rakuten). Além das bibliotecas próprias, eles vão apresentar poucas diferenças dependendo dos modelos. A escolha do Kindle para o blog se deu apenas por ele ser o a escolha mais popular (e porque eu vou esperar um cheque gordo da Amazon). O que for dito sobre ele pode ser transferido para os outros.

Ficamos entendidos sobre o que é um e-reader e o motivo de escolhermos o Kindle? Vamos seguir então!

Quais as vantagens do Kindle para os estudos?

Vou mostrar a seguir se vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle.
<https://giphy.com/gifs/fact-sheet-kindle-TsO0BCK8wEPRu>

Só considere que estamos falando de um Kindle, ok? Se formos entrar em detalhes de modelos (a geração, Paperwhite, Oasis…) vai parecer um blog de vendas mesmo.

Ao ponto! Algumas características desse e-reader podem ser muito bem aproveitadas para os estudos:

Acho que a primeira a se destacar é a mobilidade. Estamos falando de um objeto de dimensões 167 x 116 x 8.1 mm. Isso é bem pequeno se você considerar a quantidade de livros/apostilas/pdfs/textos que você pode “colocar” nele. Imagina aquele monte de xerox impressos encadernados no espiral. Agora imagina uns 15 desses…. Agora esqueça! Com ele, carregar peso, nunca mais!

Deduzindo que você aceitou as vantagens a respeito do tamanho, você ainda quer me falar: “mas meu celular é menor”. Sim. E se só utilizando o WhatsApp você fica sem bateria no final do dia, imagine estudando!

Com o Kindle você terá literalmente semanas sem precisar se preocupar com uma carga. A bateria dura muito! Inclua o benefício de poder esquecer o carregador ao de que a tela dele é desenvolvida para a leitura de modo a não cansar a sua vista depois de horas de estudo – no celular e no tablet isso é um baita problema –.

Apesar de algumas pessoas relatarem problemas de compatibilidade com alguns tipos de arquivos, o Kindle afirma ser compatível com o formato Kindle 8 (AZW3), Kindle (AZW), TXT, PDF, MOBI sem proteção, PRC nativo, HTML, DOC, DOCX, JPEG, GIF, PNG, BMP por meio de conversão.

E tem mais! Os preços de livros são muito melhores do que os físicos, você pode fazer marcações, no seu texto, procurar traduções ou significados de termos, sincronizar seus trabalhos/leitura na conta Amazon para ter acesso em outros dispositivos e – já que acabei falando sobre ela – utilizar todos os benefícios da conta que incluem uma biblioteca com milhões de títulos (milhares gratuitos) além do benefício de poder baixar uma parte do livro para tirar qualquer dúvida antes de comprá-lo.

Enfim! Você terá uma biblioteca com assistente/dicionário/tradutor em uma ferramenta muito pequena. E nada impede que você utilize o Kindle com outros recursos. Faça suas anotações no seu computador e só exporte um PDF… Pronto!

Sabendo utilizar, ele é um baita aliado para os seus estudos!

Então não tem desvantagens?

Vou mostrar a seguir se vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle.
<https://giphy.com/gifs/adultswim-smh-no-signal-luck-cNNsPXZAQtc9fmQvxA>

É aqui que você precisa pensar bem. Vamos considerar dois cenários:

Você já tem um Kindle, mas nunca o usou para os estudos e apenas o utiliza para ler alguns romances… Nesse caso você já conhece o aparelho e não terá nenhuma surpresa/gasto adicional. Aqui não há desvantagem porque você JÁ sabe o que esperar.

Em um segundo cenário, digamos que você considerava a ideia de comprar um e-reader, leu esse blog e amadureceu esse pensamento. Pode ser que nesse caso você encontre desvantagens.

Apesar de os e-books terem preços melhores do que livros impressos, um modelo básico do Kindle hoje custa por volta de R$ 350,00 (se pesquisar certinho você acha preços melhores, mas pega essa média). Isso já é um investimento considerável por uma ferramenta que, apesar de ser muito eficiente no que se propõe, serve apenas para isso: leitura. Você terá uma ótima ferramenta de leitura, um organizador de biblioteca e isso.

Se você é o tipo de pessoa que não abre mão de anotar as coisas em um papel ou quer conciliar os estudos com vídeo-aulas, pense bem. Seu e-reader não vai abrir vídeos ou podcasts.

Essa possível desvantagem está mais ligada ao tipo de estudante que você é do que aos benefícios da ferramenta (que são vários).

Tem gente que simplesmente não consegue se adaptar aos estudos utilizando tecnologia, precisam do caderno, do livro, dos rabiscos, resumos feitos à mão… E isso não é nenhum problema!

Você deve estudar com o método que lhe serve melhor. Se você é mais old school, o Kindle não é a melhor ferramenta de estudos para você. E como já foi dito, isso não é um problema!

Sempre fica no depende

Vou mostrar a seguir se vale a pena estudar para concursos utilizando o Kindle.
<https://giphy.com/gifs/BouyguesTelecom-oups-bouyguestelecom-tantpis-TKq2GuyKQEdiVLNnYL>

– É bem por aí.

Nosso blog tem vários posts a respeito de técnicas ou métodos de estudos. Quase todos eles trazem uma coisa em comum: uma técnica ou método de estudos depende mais da pessoa que a utiliza do que a técnica em si.

Já falamos sobre aplicativos que auxiliam os estudos. Todos são bons? Sim! Todos servem para você? Provavelmente não.

Com ferramentas/tecnologia não é diferente. Que o Kindle pode ser um grande aliado nos estudos não resta dúvidas. Que ele pode ser um grande aliado SEU, é uma questão mais pessoal.

O que você acha?

Já utiliza um e-reader para os estudos? Indicaria a compra para alguém que não tem?

Conta pra gente!

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais