fbpx

Está difícil estudar sozinho? pegue essas 4 dicas e arrase nos estudos!

Por Caio Vieira 29 fev 2020 - 4 min de leitura
4 min

Estudar sozinho não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

Eu sei bem como é isso! Eu particularmente tenho o hábito de estudar sozinho, seja para preparar minhas aulas, seja para me atualizar enquanto advogado. Mas a grande questão é que todos nós enfrentamos algumas intempéries durante os estudos, e quando esse estudo é sozinho, fora dos olhos de outras pessoas, a dificuldade aumenta ainda mais, já que precisamos intensificar o foco e a disciplina.

Pensando nisso, trago hoje quatro dicas para você conseguir turbinar seus estudos.

Vamos lá?

DICA 1 para estudar sozinho: Estudo Ativo

É necessário enfatizar desde logo que estudar não é apenas ler! E certamente não é assim que funciona a absorção do conhecimento.

Eu sempre costumo iniciar minhas aulas perguntando para os alunos: “Você está estudando ou fingindo que está estudando?”.

Essa brincadeira tem um objetivo, pois eu pretendo chamar a atenção do aluno para uma autorreflexão: Eu de fato estou estudando? Ou estou apenas lendo horas e horas, no entanto sem nem me dar conta se esta matéria está sendo absorvida?”.

Logo, o primeiro passo dica 1 é você constantemente se autoquestionar se está de fato estudando, focado, atento nos seus estudos, ou se caiu no modo automático sem perceber. Pensando nisso, faça essa pergunta sempre que possível e afaste de vez o “espírito embaçador dos estudos”. (risos)

Outras duas soluções que eu gostaria que você colocasse sempre em prática são:

Em primeiro lugar: estude sempre com resolução de exercícios:  a ideia é simples: finalizou um tema/bloco de estudos imediatamente vá resolver questões sobre isso. Assim faça o máximo que conseguir. Combinado?

Em segundo lugar: seja o/a protagonista dos seus próprios exemplos:  As vezes estudando a “letra da lei” fica difícil trazer tanto conteúdo para sua memória de longo prazo, não é mesmo? Então para facilitar essa questão, sugiro você sempre criar seus próprios exemplos sendo protagonista deles. Ou seja, ao invés de pensar “Se A endossou um cheque para B”, pense “Se Eu endossar um cheque para minha irmã”.

Quando nos colocamos nos exemplos visualizando uma historinha em nossa mente a tendência é ativar o conteúdo em nossa memória de longo prazo, dessa maneira nos lembramos com mais facilidade.

DICA 2: Crie Seus Resumos Sozinho

Estudar sozinho não é uma tarefa fácil, não é mesmo?
https://giphy.com/gifs/soulpancake-college-reading-6Do13TV1OfOF2

É importante que você entenda que resumo não é apenas a redução do conteúdo (assim como fazíamos no ensino fundamental e médio nas aulas de língua portuguesa), ok?

A lógica aqui é você estruturar o conteúdo aprendido em forma de listas e mapas mentais, de preferência feitos a mão com a sua caligrafia.

Vale também apostar na utilização de muitas cores de canetas, canetas grifa-textos e outras ferramentas como post its e clips. Isso sem dúvida irá impulsionar a sua memória de longo prazo pelo critério visual.

DICA 3: Faça Revisões Periódicas – “Estudo Cíclico”

Durante seus estudos é importante que você não deixe para estudar a matéria lá do primeiro dia de sua preparação um ou dois dias antes da prova. Caso isso aconteça, não adianta você chegar na prova e falar que deu branco, pois é muita matéria para memorizar.

Uma forma de combater esse “branco” é você, semana após semana, revisar as matérias que foram dadas. Ou seja, antes de adentrar a um novo conteúdo revise sempre, ainda que de uma forma rápida, tudo o que já foi dado anteriormente, assim a sua capacidade de memorização aumenta.

DICA 4: Só Estudar sozinho? Tenha Um Parceiro de Estudos

Estudar sozinho não é uma tarefa fácil, não é mesmo?
https://giphy.com/gifs/90s-nickelodeon-kenan-and-kel-ql6hxonaYC6EE

Você deve estar me perguntando agora: “Ué, mas a questão não é estudar sozinho?”.

E eu já te respondo que SIM! O parceiro de estudos é apenas para cobrar seu resultado e garantir sua frequência e disciplina.

Esse parceiro pode também estar se preparando para o exame ou mesmo um concurso ou nem estar estudando para nada. A ideia aqui é que ele possa te cobrar se você atingiu ou não suas metas semanais garantindo o seu avanço.

Vale até mesmo prometer um brinde caso você atinja seus objetivos ou caso deslize uma ou outra semana que você pague um preço a ele por ter falhado naquele dia. Isso irá aumentar seu nível de comprometimento.

Se você após esse artigo continua perdido ou gostou das dicas, mas não consegue colocar em prática sozinho, eu tenho uma boa notícia: A GP Maxi está com inscrições abertas para o XXXII Exame da OAB.

Aqui nós seremos seu parceiro especializado de estudos, com cronogramas e simulados semanais, aulas dinâmicas e muito mais.

Então, clica no link abaixo e conheça nosso curso.

Espero que tenha gostado das dicas e, mais que isso, que coloque elas em prática, chegando mais perto da sua aprovação, combinado?!

Forte abraço”.

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


    Sobre nós

    Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

    Saiba mais