fbpx

Evolução da Microsoft Windows

Por Carlos Alexandre Quiqueto 30 dez 2015 - 15 min de leitura
15 min

2015-10-02-RTX1M661

O Windows está prestes a comemorar 30 anos de existência e, apesar de ser amado e odiado por muitos, é o sistema operacional presente em quase 90% dos computadores em todo mundo. Faremos uma breve compilação de todas as versões já lançadas pelo sistema operacional da Microsoft.

Nasce a Microsoft
Estamos na década de 1970. No trabalho, usamos máquinas de escrever. Se precisarmos copiar um documento, provavelmente usaremos um mimeógrafo ou papel carbono. Poucas pessoas ouviram falar de microcomputadores, mas dois jovens entusiastas do assunto, Bill Gates e Paul Allen, percebem que a computação pessoal é o caminho para o futuro.

Em 1975, Gates e Allen formam uma parceria chamada Microsoft. Como a maioria das start-ups, a Microsoft começa pequena, mas com uma grande visão – um computador em cada mesa de trabalho e em cada residência. Nos anos seguintes, a Microsoft começa a mudar o jeito como trabalhamos.

O surgimento do MS-DOS
Em junho de 1980, Gates e Allen contratam um antigo colega de classe de Gates em Harvard, Steve Ballmer, para ajudar a administrar a empresa. No mês seguinte, a IBM faz contato com a Microsoft sobre um projeto com o codinome “Chess” (“Xadrez”). Em resposta, a Microsoft se concentra em um novo sistema operacional — o software que gerencia, ou controla, o hardware do computador e também serve para fazer a ligação entre o hardware e os programas, como um processador de texto. É a base na qual os programas de computador podem funcionar. Eles chamam o novo sistema operacional de “MS-DOS”.

Quando o IBM PC com MS-DOS começa a ser vendido, em 1981, ele apresenta uma linguagem totalmente nova para o público geral. Digitar “C:” e vários outros comandos “enigmáticos” gradualmente começou a fazer parte do nosso dia a dia. As pessoas descobrem a tecla de barra invertida (\).
O MS-DOS é eficiente, mas também é difícil de entender para muitas pessoas. Deve haver uma melhor maneira de criar um sistema operacional.
Com a chegada da interface gráfica, tudo mudou. Só que a Microsoft e seu Windows não foram inovadores. O Windows era uma imitação do Lisa, sistema desenvolvido pela Apple, que já era uma cópia melhorada do sistema da Xerox. A Xerox foi a criadora da interface gráfica e do mouse.

Windows 1.0
1 2
Em 20 de novembro de 1985, dois anos após o anúncio inicial, a Microsoft começa a vender o Windows 1.0. Agora, em vez de digitar comandos do MS-DOS, basta mover o mouse para apontar e clicar nas telas ou “janelas”. Possuía uma interface gráfica de 16-bit e era iniciado ainda através do MS-DOS.
Há menus suspensos, barras de rolagem, ícones e caixas de diálogo que deixam os programas mais fáceis de aprender e usar. Você pode alternar entre vários programas sem precisar sair e reiniciar cada um deles. O Windows 1.0 vem com vários programas, incluindo o gerenciamento de arquivos MS‑DOS, o Paint, o Windows Writer, o Bloco de Notas, a Calculadora, um calendário, um arquivo de cartões e um relógio, para ajudar você a gerenciar as atividades do dia a dia. Tem até um jogo – Reversi, que também auxiliava os usuários a se familiarizar-se com o uso do recém popularizado mouse.

Windows 2.0 / 2.11
3 4

Em 9 de dezembro de 1987, a Microsoft lança o Windows 2.0 com ícones de área de trabalho e memória expandida. Com maior suporte a gráficos, você pode sobrepor janelas, maximiza-las e minimiza-las, controlar o layout da tela, e usar atalhos de teclado para agilizar seu trabalho. Alguns desenvolvedores de software escrevem seus primeiros programas baseados no Windows para este lançamento.
O Windows 2.0 introduziu o Painel de controle, ferramental utilizada até os dias de hoje, que permite a personalização do sistema, exibe informações do computador, dentre outras funcionalidades. Também nesta edição foram apresentados o word e o excel, que eram partes integrantes do mesmo..
O Windows 2.0 foi desenvolvido para o processador Intel 286. Quando o processador Intel 386 é lançado, o Windows/386 vem logo em seguida, para aproveitar os recursos de memória estendida. As versões subsequentes do Windows continuam a melhorar a velocidade, a confiabilidade e a usabilidade do computador.
Em 1988, a Microsoft se torna a maior empresa de software para computadores do mundo baseada em vendas. Os computadores começam a se tornar parte do cotidiano de alguns escritórios.

Windows 3.0–Windows NT
5
A área de trabalho do Windows 3.0

Windows 3.0
Em 22 de maio de 1990, a Microsoft anuncia o Windows 3.0, seguido rapidamente pelo Windows 3.1 em 1992. Juntos, eles vendem 10 milhões de cópias nos dois primeiros anos, tornando o Windows o sistema operacional mais usado até então. A dimensão do sucesso faz com que a Microsoft repense seus planos anteriores. A Memória Virtual melhora os gráficos visuais. Em 1990, o Windows começa a se parecer com as versões que viriam depois.

O Windows agora tem um desempenho significativamente melhor, gráficos avançados com 16 cores e ícones aperfeiçoados. Uma nova onda de computadores 386 ajuda a aumentar a popularidade do Windows 3.0. Com suporte total ao processador Intel 386, os programas se tornam perceptivelmente mais rápidos. O Gerenciador de Programas, o Gerenciador de Arquivos e o Gerenciador de Impressão chegam no Windows 3.0.

6
Bill Gates mostra o recém-lançado Windows 3.0

O software Windows é instalado com disquetes comprados em grandes caixas, com pesados manuais de instrução.
A popularidade do Windows 3.0 cresce com o lançamento de um novo SDK do Windows, que ajuda os desenvolvedores de software a se concentrarem mais em escrever programas e menos em escrever drivers de dispositivo.
O Windows é cada vez mais usado em casa e no trabalho, e agora vem com jogos como Paciência, Espadas e Campo Minado. Um anúncio: “Agora, você pode usar a incrível capacidade do Windows 3.0 para relaxar no trabalho.”
O Windows for Workgroups 3.11 vem com suporte a grupos de trabalho ponto a ponto e redes em domínio e, pela primeira vez, os computadores se tornam uma parte integrante da evolução da computação cliente/servidor emergente.

Windows NT
Quando o Windows NT é lançado em 27 de julho de 1993, a Microsoft alcança um importante marco: a conclusão de um projeto iniciado no final da década de 1980 de construir um novo e avançado sistema operacional a partir do zero. “O Windows NT representa nada menos do que uma mudança fundamental na forma como as empresas podem cuidar de suas necessidades de computação comercial”, afirma Bill Gates no lançamento.

Diferente do Windows 3.1, entretanto, o Windows NT 3.1 é um sistema operacional de 32 bits, o que o torna uma plataforma de negócios estratégica com suporte para os mais avançados programas técnicos e científicos.

Windows 95
 7
A área de trabalho do Windows 95

Em 24 de agosto de 1995, a Microsoft lança o Windows 95, estabelecendo um recorde de 7 milhões de cópias vendidas nas primeiras cinco semanas. É o lançamento da Microsoft com publicidade jamais vista. Os comerciais de televisão trazem os Rolling Stones cantando “Start Me Up” com imagens do novo botão Iniciar. O press release começa simplesmente dizendo: “Ele chegou.”
É a era do fax/modem, do email, do novo mundo online e dos incríveis jogos multimídia e softwares educacionais. O Windows 95 tem suporte integrado para Internet, rede de conexão discada e novos recursos Plug and Play que permitem instalar facilmente hardware e software. O sistema operacional de 32 bits também oferece multimídia aperfeiçoada, mais recursos de computação móvel e redes integradas.
Quando o Windows 95 foi lançado, os sistemas operacionais Windows e MS‑DOS anteriores eram executados em cerca de 80% dos computadores do mundo. O Windows 95 é a atualização desses sistemas operacionais. Para usar o Windows 95, você precisa de um computador com um processador 386DX ou superior (recomenda-se um 486) e, pelo menos, 4 MB de RAM (recomendam-se 8 MB de RAM). As versões para atualização estão disponíveis tanto em disquete quanto em CD-ROM. O sistema está disponível em 12 idiomas.
O Windows 95 marca a primeira aparição do menu Iniciar, da barra de tarefas e dos botões Minimizar, Maximizar e Fechar em cada janela. Também fomos apresentados ao Internet Explorer, suporte a múltiplas tarefas e ao revolucionário sistema “Plug and Play”, no qual a instalação de periféricos era feita automaticamente.

Windows 98, Windows 2000, Windows Me
8

A área de trabalho do Windows 98

Lançado em 25 de junho de 1998, o Windows 98 é a primeira versão do Windows projetada especificamente para os consumidores. Os computadores já são comuns no trabalho e em casa, e começam a surgir os cyber cafés com acesso à Internet. O Windows 98 é descrito como um sistema operacional que é “melhor para trabalhar e jogar”.
Com o Windows 98, você encontra as informações com mais facilidade tanto no computador quanto na Internet. Outras melhorias incluem a capacidade de abrir e fechar programas mais rapidamente, além do suporte para leitura de DVDs e dispositivos USB (barramento serial universal). Outro item que aparece nessa versão é a barra de Início rápido, que permite que você execute programas sem precisar navegar pelo menu Iniciar ou procurar por ele na área de trabalho.
O Windows Explorer passou a apresentar botões de navegação que permitiam avançar ou voltar.
As novidades em relação ao softwares eram o Internet Explorer 4, Outlook Express, Microsoft Chat, entre outros.

Windows 2000 Professional
Mais do que apenas uma atualização do Windows NT Workstation 4.0, o Windows 2000 Professional foi desenvolvido para substituir o Windows 95, o Windows 98 e o Windows NT Workstation 4.0 em todos os desktops e notebooks comerciais. Baseado no comprovado código do Windows NT Workstation 4.0, o Windows 2000 traz grandes aperfeiçoamentos em estabilidade, facilidade de uso, compatibilidade com a Internet e suporte para computação móvel. Graças a esses fatores, se tornou base para o desenvolvimento do Windows XP

Entre outros aperfeiçoamentos, o Windows 2000 Professional simplifica a instalação de hardware adicionando suporte a uma ampla variedade de novos dispositivos de hardware Plug and Play, incluindo dispositivos de rede e sem fio avançados, dispositivos USB, IEEE 1394 e infravermelhos.

Windows Me
Lançado poucos meses após a chegada do Windows 2000, para comemorar a virada do milênio, foi uma versão instável e cheia de bugs.

Primeiras aparições: a Restauração do Sistema, um recurso que permite reverter a configuração de software do computador para uma data ou hora anterior a um problema ocorrido. O Movie Maker oferece aos usuários as ferramentas para editar, salvar e compartilhar digitalmente vídeos domésticos. E, com as tecnologias do Microsoft Windows Media Player 7, você pode localizar, organizar e reproduzir mídia digital.

Windows XP
9
A área de trabalho do Windows XP Home Edition

Lançado em 2001, foi a versão mais duradoura do Windows, unificando sistema operacional empresarial e pessoal em um único produto.
O Windows XP possuia um visual redesenhado, centrado na usabilidade, e um centro de serviços de Ajuda e Suporte unificado. O sistema está disponível em 25 idiomas. Desde a metade da década de 1970 até o lançamento do Windows XP, cerca de 1 bilhão de computadores foram vendidos no mundo inteiro.
Para a Microsoft, o Windows XP se tornará um de seus produtos mais vendidos nos anos seguintes. Ele é rápido e estável. Navegar pelo menu Iniciar, pela Barra de tarefas e pelo Painel de controle é uma experiência mais intuitiva. As pessoas estão mais conscientes sobre vírus de computador e hackers, mas, até certo ponto, os medos são acalmados com a entrega online de atualizações de segurança. Os clientes começam a compreender os avisos sobre anexos suspeitos e vírus. Há mais ênfase em Ajuda e Suporte.
O Windows XP Home Edition oferece um visual mais limpo e simplificado que deixa os recursos mais usados facilmente acessíveis. Projetado para uso doméstico, o Windows XP oferece aperfeiçoamentos como o Assistente para Configuração de Rede, o Windows Media Player, o Windows Movie Maker e recursos aperfeiçoados para fotos digitais.
O Windows XP Professional traz a base sólida do Windows 2000 para a área de trabalho do computador, aperfeiçoando a confiabilidade, a segurança e o desempenho. Com um visual novo, o Windows XP Professional inclui recursos para empresas e computação doméstica avançada, incluindo suporte para área de trabalho remota, um sistema de arquivos com criptografia e recursos de restauração do sistema e redes avançada. Os principais aperfeiçoamentos para os usuários móveis incluem suporte a redes sem fio 802.1x, o Windows Messenger e a Assistência Remota.

Windows Vista
10
A área de trabalho do Windows Vista

O Windows Vista é lançado em 2006 com o sistema de segurança mais forte já visto. O Controle de Conta de Usuário ajuda a evitar que programas potencialmente nocivos façam alterações no seu computador. No Windows Vista Ultimate, a Criptografia de Unidade de Disco BitLocker fornece melhor proteção de dados para seu computador à medida que as vendas de notebooks e as necessidades de segurança aumentam. O Windows Vista também apresenta melhorias no Windows Media Player, pois, cada vez mais, as pessoas passam a ver seus computadores como um local central de mídia digital. Nele, você pode assistir à televisão, exibir e enviar fotos e editar vídeos.

Windows Vista Ultimate
O design tem um papel importante no Windows Vista, e recursos como a barra de tarefas e as bordas das janelas ganham um visual totalmente novo. A pesquisa ganha nova ênfase e ajuda as pessoas a encontrarem arquivos em seus computadores com mais rapidez. O Windows Vista apresenta novas edições, cada uma delas com diferentes combinações de recursos. O sistema está disponível em 35 idiomas. O botão Iniciar redesenhado aparece pela primeira vez no Windows Vista. Apesar de bonito, não foi muito bem aceito pelo público, principalmente por novidades como o “user account control” que solicitava atenção do usuário demasiadamente e nunca rodando de maneira satisfatória.

O Windows 7
11
A área de trabalho do Windows 7

O Windows 7, lançado para o mundo no final da década de 2000, tinha a missão de ser o que o Vista deveria ter sido. O sistema apresentou importantes melhorias como maior velocidade e estabilidade. Os notebooks superam os desktops nas vendas, e torna-se comum a conexão à Internet em pontos de acesso públicos sem fio em cafeterias e em redes particulares domésticas.
O Windows 7 inclui novas maneiras de trabalhar com janelas, como os recursos de ajuste, espiada e tremulação, que melhoram a funcionalidade e tornam o uso da interface mais divertido. Ele também marca o início do Windows Touch, que permite aos usuários com tela sensível ao toque navegar pela Internet, ver fotos e abrir arquivos e pastas.

Windows 8
12
Um computador com Windows 8

O Windows 8 é um sistema operacional reinventado, desde o chipset até a experiência do usuário, e apresenta uma interface totalmente nova que funciona tanto com recurso touch como com um mouse e um teclado. Ele funciona como tablet para diversão e como computador completo para trabalho. O Windows 8 também inclui melhorias na familiar área de trabalho do Windows, com uma nova barra de tarefas e o gerenciamento otimizado de arquivos. O botaõ iniciar desaparece, um dos principais motivos de não ser tao bem aceito.
O Windows 8 apresenta uma tela Inicial com blocos que se conectam a pessoas, arquivos, aplicativos e sites. Os aplicativos são o destaque. Existe um novo local de onde se pode baixá-los, a Windows Store, posicionada logo na tela Inicial.
Junto com o Windows 8, a Microsoft também lança o Windows RT, que é executado em alguns tablets e computadores. O Windows RT foi projetado para dispositivos elegantes, com bateria de longa duração, e só executa aplicativos da Windows Store. Ele também vem com uma versão integrada do Office, otimizada para telas touch.

Windows 8.1 amplia a visão do Windows 8
13
Um tablet executando o Windows 8.1

O Windows 8.1 amplia a visão do Windows 8, de fornecer uma coleção eficiente de aplicativos e conectividade em nuvem em ótimos dispositivos. Tudo o que as pessoas adoravam no Windows 8, ainda melhor.
O Windows 8.1 combina a visão de inovação da Microsoft com os comentários de clientes sobre o Windows 8 para fornecer muitos aprimoramentos e novos recursos: mais opções de personalização da tela inicial sincronizadas em todos os dispositivos, a opção de inicialização direta na área de trabalho, a Busca inteligente Bing para você encontrar o que procura no computador ou na Web, um botão Iniciar para navegar entre a área de trabalho e a tela inicial, além de opções mais flexíveis para visualizar vários aplicativos de uma vez em uma ou em todas as telas. Também há vários novos aplicativos nativos, como o Bing Receitas e Bebidas e o Bing Saúde e Bem-estar, além de ótimos utilitários, como Lista de Leitura, Calculadora e Alarmes. Muitos dos excelentes aplicativos fornecidos no Windows 8 estão de volta, ainda melhores, tornando sua experiência muito mais agradável desde o início.
Além dessas mudanças na experiência do usuário, o Windows 8.1 inclui recursos novos e aprimorados, como o Ingresso no Local de Trabalho e as Pastas de Trabalho, que permitem que os dispositivos Windows se conectem aos recursos corporativos com mais facilidade.

Windows 10
14
Menu Iniciar do Windows 10

Esta é a primeira vez que uma atualização do Windows é oferecida gratuitamente para os clientes. Apenas um mês após o lançamento, 75 milhões de dispositivos já executam o Windows 10. A Microsoft quer ver o Windows 10 instalado em um bilhão de dispositivos até 2018.
O sistema operacional oferece uma interface do Windows atualizada, voltada para o famoso menu Iniciar, ponto de partida para a criação de uma experiência intuitiva. Volta o foco no desktop. O Windows 10 apresenta o novo estilo da Microsoft, mais coloquial e acessível que antes. A Cortana – o primeiro assistente pessoal digital da Microsoft — faz sua primeira aparição em um computador com o Windows 10, seguindo sua apresentação bem-sucedida no Windows 8.1 Phone. Aprendendo com os comportamentos e as preferências de cada pessoa com quem ela interage, a Cortana cria uma experiência personalizada que é transferida entre os computadores, tablets e telefones Windows.
O Windows 10 também traz o Windows como serviço. Ele se afasta das grandes versões com cronogramas longos, optando por avanços frequentes e automáticos. O Windows 10 almeja desenvolver e promover a qualidade de vida, sem interrupções.
A intenção é reconquistar os usuários que não ficaram satisfeitos com as mudanças impostas pelo Windows 8.

Fonte: http://windows.microsoft.com/pt-br/windows/history#T1=era0

Gostou do Assunto? Deixe Sua opinião ela é muito importante para nós.

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais