Que tal saber sobre o assunto de fundações de uma maneira clara e objetiva ??

Você concurseiro, olhou o edital e se deparou com tópico sobre Fundações, fique de boa, trouxemos esse incrível Blog para tirar todas as suas dúvidas, e você arrebentar na prova !!!
Por Maxi Educa 20 jul 2018 - 3 min de leitura
3 min

Você concurseiro, olhou o edital e se deparou com tópico sobre Fundações, fique de boa, trouxemos esse incrível Blog para tirar todas as suas dúvidas, e você arrebentar na prova !!!

 Você concurseiro, olhou o edital e se deparou com tópico sobre Fundações, fique de boa, trouxemos esse incrível Blog para tirar todas as suas dúvidas, e você arrebentar na prova !!!

Fonte: http://www.mapadaobra.com.br/capacitacao/conheca-os-tipos-de-fundacoes-de-uma-construcao/

A principal utilidade da fundação é transmitir cargas de uma edificação para as camadas resistentes do solo sem provocar ruptura do terreno.

Uma fundação ou alicerce serve para apoiar uma edificação no terreno. Toda fundação para ser feita é necessário um sondagem para sabermos qual tipo de utilizaremos.

OK mais o que seria uma SONDAGEM ???

Um sondagem nada mais é que uma investigação feita no subsolo de um terreno. O projeto de fundação de uma edificação não pode ser feita de maneira correta sem que haja um procedimento de sondagem para determinar as propriedades físicas do solo.

Quais São os tipos de Fundações?

As fundações são ser divididas em dois grandes grupos que seriam: Fundações superficiais (ou rasas ou diretas) e fundações profundas.

Fundações superficiais (ou rasas ou diretas)

São fundações projetadas com pequenas escavações no solo não sendo necessários grandes equipamentos para execução. Abaixo veremos os tipos de fundações superficiais como: sapatas, blocos e os radiers.

Sapatas: é elemento de fundação com base em planta na maioria das vezes quadrada, retangular, circular ou poligonal. Se caracterizam por trabalharem à flexão já que são executadas em concreto armado.

Abaixo está um exemplo de Sapata:

Fonte: https://www.fazfacil.com.br/reforma-construcao/sapatas-da-construcao/

Blocos de fundação: é elemento de fundação com a base em planta onde na maioria das vezes é quadrada ou retangular e quando elevadas assumem a forma de bloco escalonado ou pedestal ou de um tronco de cone.

Os blocos se caracterizam por trabalharem à compressão já que não que é necessário o emprego de armadura pois os blocos de fundação são dimensionados para que as tensões de trações atuantes sejam resistidas pelo concreto.

 Abaixo está um exemplo de blocos:

Fonte: http://blog.construir.arq.br/tipos-fundacao-blocos-alicerces/

Radiers: também é um elemento de fundação superficial onde ele recebe toda a carga da edificação e distribui por todo o terreno. Ele se identifica com uma placa que abrange toda a área da construção, portanto, todos os pilares da estrutura da edificação transmitem todas as cargas ao solo através de uma única sapata.

Abaixo está um exemplo de Radiers:

Fonte: http://aartedeengenhar.blogspot.com/2016/10/terminologias-da-construcao-civil.html

Fundações Profundas

Fundações profundas são elementos que transmitem as cargas ao terreno pela base (resistência de ponta), por sua superfície lateral (resistência de fuste) ou por uma combinação da duas.

Geralmente são utilizadas em projetos grandes que precisam transmitir maiores cargas ao terreno e quando o solo é pobre ou fraco.

Dentro da fundação profunda incluem os seguintes tipos: as estacas, tubulões e caixões.

Estacas: é um elementos de fundação profunda onde são executadas por equipamentos e ferramentas, podendo serem cravadas ou perfuradas, caracterizadas por grandes comprimentos e seções transversais pequenas.

Ela podem ser feitas com os seguintes formas: madeira, aço, concreto pré moldado, concreto moldado in situ ou mistos.

Abaixo está alguns exemplos de Estacas:

Adaptado de: https://pedreirao.com.br/estacas-de-fundacoes-passo-a-passo/

Tubulões: é outro elemento de fundação onde são cilíndricas de base alargada ou não que podem ser executados a céu aberto ou sob ar comprimido (pneumático) e com ou sem revestimento podendo ser de aço ou concreto.

A sua etapa final de execução, é necessária a descida de um dos operários para completar a geometria ou fazer a limpeza da base.

Abaixo está um exemplo de Tubolões:

Fonte: https://www.escolaengenharia.com.br/tubulao-a-ceu-aberto/

Caixões: é outro exemplo de Fundação Profunda, ele é de forma prismática, concretado na superfície e instalado por escavação interna.

 Referência

https://www.escolaengenharia.com.br/nocoes-basicas-de-fundacoes/

Chamada Final

Eai pessoal, gostaram do nosso Blog??…..Compartilhem!!

Deixe seu comentário ou sugestão, queremos saber sua opinião sobre esse assunto!

Forte abraço e bons estudos !!

Tutor: Otávio Felipe Ferreira de Jesus

 

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais