Saiba o que é a Inteligência Artificial e o que o futuro reserva para a tecnologia.

Por Evilin Barros 22 nov 2018 - 7 min de leitura
7 min

Inteligência Artificial (IA) é um ramo da ciência da computação que se propõe a elaborar dispositivos que simulem a capacidade humana de raciocinar, perceber, tomar decisões e resolver problemas, enfim, a capacidade de ser inteligente.

Resumindo, é a capacidade das máquinas de pensarem como seres humanos.

Existente há décadas, esta área da ciência é grandemente impulsionada com o rápido desenvolvimento da informática e da computação, permitindo que novos elementos sejam rapidamente agregados à IA.

Inteligência Artificial (IA) é um ramo da ciência da computação que se propõe a elaborar dispositivos que simulem a capacidade humana de raciocinar, perceber, tomar decisões e resolver problemas

Fonte: http://reamp.com.br/blog/2018/01/inteligencia-artificial-criara-mais-empregos-do-que-elimina-ate-2020/

 

História

 

Iniciada dos anos 1940, a pesquisa em torno desta ciência eram desenvolvidas apenas para procurar encontrar novas funcionalidades para o computador, ainda em projeto. Com o advento da Segunda Guerra Mundial, surgiu também a necessidade de desenvolver a tecnologia para impulsionar a indústria bélica.

Com o passar do tempo, surgem várias linhas de estudo da IA, uma delas é a biológica, que estuda o desenvolvimento de conceitos que pretendiam imitar as redes neurais humanas. Na verdade, é nos anos 60 em que esta ciência recebe o nome de Inteligência Artificial e os pesquisadores da linha biológica acreditavam ser possível máquinas realizarem tarefas humanas complexas, como raciocinar.

Independente de os modelos teóricos sobre a inteligência artificial existirem há muito tempo, os computadores ainda precisavam de três coisas para evoluir, de fato, da computação simples para a IA real:

– Bons modelos de dados para classificar, processar e analisar os dados de forma inteligente.

– Acesso a grande quantidade de dados não processados para alimentar os modelos, para que continuem a se aprimorar.

– Computação de grande potência com custo acessível para que seja possível o processamento rápido e eficiente.

Fonte: https://www.salesforce.com/br/products/einstein/ai-deep-dive/

Atualmente, a inteligência artificial é finalmente possível com a seguinte fórmula: big data + computação em nuvem  + bons modelos de dados = máquinas mais inteligentes.

Como funciona?

A inteligência artificial funciona com processos que envolvem muito mais do que se pode perceber nas experiências diárias. Toda vez que você pega seu smartphone, já está vendo o que a IA pode fazer por você, porém, por trás de cada recomendação personalizada e dos resultados de pesquisa relevantes, existe uma combinação de tecnologias que fazem a inteligência artificial funcionar. São essas tecnologias que estão, por consequência, fazendo com que você tenha expectativas mais altas sobre todas as máquinas inteligentes e dispositivos que usa.

 

Quais tecnologias estão por trás da IA?

 

A questão de como estamos ensinando os computadores a pensar passa por várias áreas da ciência da computação, dentre elas:

– Machine Learning (Aprendizado de Máquina): os computadores usam dados para aprender com o mínimo de programação, ou seja, a máquina aprende essas regras por conta própria a partir dos dados alimentados, chegando ao resultado de forma autônoma.

– Deep Learning (Aprendizado Profundo): é a parte do aprendizado de máquina que utiliza algoritmos complexos para imitar a rede neural do cérebro e aprender uma área do conhecimento com pouco ou nenhuma supervisão

– Processamento de Linguagem Natural: utiliza as técnicas de machine learning para encontrar padrões em grandes conjuntos de dados puros e reconhecer a linguagem natural, ou seja, é a análise de sentimentos, onde os algoritmos podem procurar padrões em postagens de redes sociais para compreender como os clientes se sentem em relação a marcas e produtos específicos.

Fonte: http://www.profissionaldeecommerce.com.br/inteligencia-artificial-futuro-gerador-de-empregos/

 

Aplicações no dia a dia

 

A inteligência artificial é a mudança tecnológica mais poderosa da área da ciência da computação. Além de deixar as escolhas mais inteligentes, ela também integra a análise preditiva aos aplicativos que usamos todos os dias. Conectando diversos ambientes da vida como casa, trabalho, lazer, viagens e muito mais em uma única experiência, a IA não vai somente ajudar quando solicitamos, mas sim nos acompanhar, prever as necessidades e lembrar de tarefas importantes. Como consumidor, é provável que você já utilize a inteligência artificial sem nem perceber:

– Aplicações como a Siri utilizam processamento de voz para atuar como assistente pessoal;

– O Facebook utiliza o reconhecimento de imagem para recomendar marcações em fotos;

– A Amazon faz recomendação personalizada de produtos utilizando algoritmos de aprendizado de máquina;

– O Waze prevê as melhores rotas a partir da sua localização com apenas um clique, enquanto carros com piloto automático usam as técnicas de IA para evitar engarrafamentos e colisões;

– O Google consegue preencher automaticamente as buscas utilizando recursos de inteligência artificial e também prever o que você quer pesquisar com grande precisão.

– Cortana, assistente pessoal inteligente da Microsoft, projetado para o Windows Mobile, mas também disponível para Android e com uma versão para iOS da Apple. Também funciona em desktops e Xbox One.

– Uber, Google e Tesla são algumas das empresas que desenvolvem carros autônomos, que não precisam de motorista para guiá-los. A inovação é possível graças a uma combinação de várias tecnologias e sensores que fornecem dados para os algoritmos orientarem o movimento dos automóveis.

– Nos esportes, atletas profissionais utilizam há muitos anos dispositivos que coletam informações sobre a performance e o estado do corpo deles para melhorar o desempenho nas competições. Examinar jogos para formular a melhor estratégia, criar gráficos detalhados com evolução de desempenho e até mesmo melhorar a qualidade das transmissões na televisão, tudo isso está sendo feito com o uso de análise de dados e inteligência artificial.

Fonte: https://blog.bemmaisseguro.com/15-aplicativos-de-smartphone-mais-baixados-nos-eua/

 

Mitos e Verdades sobre Inteligência Artificial

 

O futuro e as possibilidades de avanços da inteligência artificial ainda não são totalmente conhecidos.

O fato da maioria da população não acompanhar as novidades teóricas e práticas da tecnologia faz surgir muitos mitos a respeito da IA, dentre eles:

Máquinas irão se voltar contra humanos?

Stephen Hawking (falecido em março de 2018) e Elon Musk estão entre os pessimistas que já se manifestaram publicamente sobre os perigos da inteligência artificial se voltar contra nós.

Essa não é uma possibilidade impossível de acontecer, mas a maioria dos especialistas acredita que será fácil criar soluções para minimizar o perigo ou remediar uma situação negativa.

IA funciona como nosso cérebro?

Embora exista uma abordagem da IA que busque replicar o funcionamento de nossos neurônios, o cérebro humano ainda é muito mais complexo do que uma máquina.

IA vai extinguir todos os empregos?

É fato que vários postos de trabalho vão deixar de existir, mas sempre haverá a possibilidade de uma atuação mais estratégica.

Fonte: https://computerworld.com.br/2016/12/06/aws-anuncia-tres-novos-servicos-de-inteligencia-artificial/

 

Vantagens e Desvantagens

Dentre as vantagens, podemos citar:

– Permite realizar tarefas com muito mais rapidez, e com um grau de acerto milhares de vezes maior que o humano.

– Há atividades que não seriam possíveis sem ela, como por exemplo, sem a máquina de Alan Turing na Segunda Guerra Mundial, por demoraria anos para decodificar as mensagens dos nazistas.

– Maior eficiência e produtividade para as empresas.

– O desenvolvimento dos carros autônomos, tem a ideia de que eles reduzam o número de acidentes no trânsito, supondo que o computador não cometerá os mesmos erros ao volante que uma pessoa comete.

Dentre as desvantagens:

– Deve acarretar na perda de empregos no mundo todo. Nem todo mundo será substituído por máquinas, mas é fato de que a tendência é diminuir, ano após ano, a necessidade de mão de obra humana em muitas áreas. Por outro lado, novas áreas e atividades necessitarão de novos tipos de profissionais. Ou seja, outras profissões também surgirão. Ainda, podemos pensar de uma maneira diferente. Será que o fato de as pessoas precisarem trabalhar menos não poderia ser uma coisa boa?

Porém, o problema será que haverá um período de transição entre a realidade atual e o mundo em que menos trabalho humano será necessário. Como a sociedade vai lidar com isso?

 

Gostou do nosso post de hoje? Curta e compartilhe!

 

Referências

https://www.tecmundo.com.br/intel/1039-o-que-e-inteligencia-artificial-.htm
https://www.tecmundo.com.br/mercado/136138-uso-inteligencia-artificial-analise-dados-esportes.htm
https://www.salesforce.com/br/products/einstein/ai-deep-dive/
Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais