fbpx

Descubra o que são e como criar Metas de Estudos para ser aprovado!

Por Matheus De Marchi 04 mar 2020 - 6 min de leitura
6 min

Metas de Estudos nada mais são do que os objetivos que você tem com/para os seus estudos. Pode parecer uma coisa simples, e na verdade é, mas talvez por isso muitos concurseiros não levam seu planejamento de metas muito a sério. Isso é um grande erro!

Não é incomum você conhecer alguém que parecia nunca estudar muito, ter tempo para fazer um monte de coisas fora do mundo dos estudos e ser aprovado. Essa pessoa pode ser um(a) gênio (não acredito), excelente de chute (qual é?), mentirosa (se matava de estudar de madrugada) ou ela apenas era organizada! (muito mais provável). Porque algumas pessoas são assim.

Definir suas metas de estudo se trata disso: planejamento e organização. Essas duas palavrinhas podem ser a diferença entre o sucesso ou o fracasso da sua aprovação utilizando menos tempo para estudar, porém, sendo mais eficiente!

A seguir entenda o que são, como fazer e como cumprir suas metas de estudos para conseguir sua próxima aprovação! Mas você precisa ler até o final hein!

Metas curtas

O que são metas curtas.
<https://giphy.com/gifs/push-limit-jNNVR0jghUwH6>

As suas metas de estudos podem ser divididas em duas categorias: metas curtas, ou seja, que serão explicadas já e metas longas, explicadas logo mais, assim, leia!.

As metas curtas serão o seu primeiro contato com o planejamento. Como o nome já diz, então, elas devem ser menos ambiciosas, mostrar pequenos resultados em um prazo menor e motivá-lo(a) se usadas da forma correta. Mas cuidado! As metas curtas também podem ser muito decepcionantes… Portanto, seja realista!

Sabe como é, não é? Ela gera aquela expectativa enorme e no final era só uma coisinha murcha, pequena e que não aguenta nem 5 minutos (de estudos! Estou falando do seu entusiasmo para estudar. Entretanto você entendeu…).

Oi?

*Ignore o blogueiro inseguro*

A solução é simples

O seu planejamento de estudos é basicamente composto por várias dessas metas curtas. Por exemplo: comece analisando o edital! Coloque no primeiro dia de estudos da semana durante X tempo que sua atividade será estudar o edital, mas não relaxe muito com os prazos. Ou seja, as metas podem ser modestas, mas devem ser cumpridas!

Feito isso, o segundo passo é montar o seu quadro de estudos: “estudarei X dias da semana durante X horas”. “Por dia irei estudar N matérias dedicando X horas para cada uma…”.

“Aos sábados eu resolverei questões de provas anteriores e/ou simulados…”. E assim por diante! Dessa maneira, esse tipo de planejamento com metas curtas serve para qualquer tipo de estudo, desde os vídeos que você deve assistir na semana até os capítulos que vai ler do material. Porque você é um estudante compromissado!

Mas não pense pequeno nesse sentido! Todo o processo é composto de pequenas metas, logo, você pode até encaixar a escolha do material como uma pequena meta a ser batida, afinal, você não vai só comprar a primeira apostila ou curso em vídeo que pular no seu feed do Facebook não é? (espero). Vai pesquisar a reputação, entrar em contato, buscar informações ou depoimentos de alguém que o material, verificar o quadro de professores… Enfim. Isso não é feito em meia hora. Portanto não esculache essa fase dos estudos!

Você pode definir quantas metas curtas você achar necessário, adapte e adeque conforme sua disposição/necessidade de estudos, dessa forma fica mais fácil seguir o SEU planejamento.

Conheça seus limites

Não estabeleça metas muito difíceis nos estudos.
<https://giphy.com/gifs/weight-limit-maximum-Hk5275j3EkhVK>

Esse é o passo mais importante ao definir pequenas metas. Sabe a história da expectativa ali de cima? Então… Da mesma forma que você se sente mal quando alguém aponta para sua pequena meta e dá risada, você pode se sentir péssimo ao não cumprir suas metas pessoais de estudo. Mas calma! Pense comigo:

Você mesmo elaborou seu planejamento mas não conseguiu cumpri-lo? O que isso diz sobre você?

A resposta curta: Certamente não diz nada! No máximo vai dizer que você não se planejou muito bem (…).

Se você não cumpriu suas metas, antes de desanimar e se declarar incapaz de ser um concurseiro, por que você simplesmente não as revisa?

Já vi muitos casos de pessoas que não cumpriam as metas curtas e sentiram todos os efeitos da desmotivação. O problema não era falta de capacidade ou muita preguiça, o problema era o planejamento mal feito! E é claro que não adianta pegar o planejamento do coleguinha e usar como seu. Vocês têm horários diferentes, tempos diferentes e motivações diferentes, logo, são diferentes!

Portanto, o segredo para fazer um bom planejamento e cumprir suas metas curtas é conhecer seus limites. Não estabeleça 4 horas de estudo por noite se você trabalha 8 horas por dia e gasta mais 3 horas para ir e voltar do trabalho. Certamente você estará cansado(a), não aguentará esse tempo acordado e se aguentar, o estudo não renderá.

Trace metas que sejam realistas! O efeito benéfico de menos estudos com mais qualidade é enorme! Mas para descobrir você precisa tentar!

Dicas para batê-las

Como cumprir suas metas de estudos.
<https://giphy.com/gifs/gifs-reactions-KUOPgSNoKVcuQ>

Bom. Planejamento está feito? Adequou as matérias/tempo de estudos à sua realidade? Ótimo! Assim podemos seguir.

O próximo passo é você cumprir o acordo que você fez consigo.

Já falamos algumas vezes sobre algumas técnicas de estudo, hábitos de estudo, dificuldades e soluções para estudar, conciliar o tempo de estudos com o trabalho e até como estudar para matérias chatas!!!

Tem aí em cima quase uma biblioteca para te ajudar a solucionar quase qualquer problema em relação aos seus estudos, mas você precisa colaborar. Não seja preguiçoso(a)! Clica e lê!

As metas curtas têm um efeito motivacional incrível quando batidas. Você tem a sensação de dever cumprido em doses homeopáticas e dessa maneira acaba pegando gosto pela coisa. O resultado? Você quer mais!

Metas longas

Vou falar agora sobre a meta(s) longa(s)!
<https://giphy.com/gifs/wasted-baby-129FklkXsetHl6>

Mais de 800 palavras depois, veja que eu não te enrolei. Vou falar agora sobre a meta(s) longa(s)!

– Não, clicar em anúncios não resolve seu problema de tamanho (de metas). Então aceita e foque no que você pode controlar.

Sabe o que você pode controlar? Suas metas maiores! As metas longas são aquelas que você definirá a longo prazo (surpreendente, não?) e aceitará que sua evolução será lenta.

Por exemplo: sua meta final é ser um Juiz Federal. Ok… Você sabe que o normal não é conseguir esse cargo de primeira. Essa é uma meta longa e você traçará objetivos mais “calmos”.

Você pode realizar concursos com editais semelhantes (substituto?) enquanto espera o seu. Seus objetivos podem ser gradativos… Tente fazer 60% da prova, depois 70%, depois 80%… Até ter um bom aproveitamento para o seu dia!

Estabeleça prazos!

Estabeleça seis meses de estudo com X material. Ache outras fontes e dedique mais seis meses! Variedade e tempo podem ser muito benéficos. São muitas possibilidades de organização que demandam tempo, é aqui que suas metas longas se encaixam!

Esse tipo de planejamento não depende inteiramente de você, você não controla as datas das provas ou quando sairá o próximo edital para o seu cargo-objetivo, mas você controla as pequenas metas até essas datas. É aí que as duas metas se completam!

Se utilizadas de forma correta, estabelecer metas podem ser o diferencial entre o seu sucesso ou fracasso. Se organize, use e abuse dessa técnica de estudos. Vale a pena tentar!

Vocês estabelecem metas? Funciona para vocês?

O que me dizem?

Bons estudos e ótima prova!

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais