fbpx

Você conhece as novas Diretrizes do Governo lançadas no Dia da Mulher? Acesse e fique por dentro desse assunto

Por Fabíola Gonçalves Yamauchi 28 mar 2017 - 2 min de leitura
2 min

O mês de Março é também conhecido como mês da mulher, o governo lançou duas novas diretrizes que irão beneficiar as brasileiras, clique e conheça um pouco sobre essas diretrizes, que poderão passar a serem cobradas em provas.

Mulher

fonte: http://www.saude-mulher.com/

Essas novas diretrizes beneficiarão as brasileiras nos aspectos relacionados ao parto humanizado e a aos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres.

Saúde da Mulher

 

parto humanizado

fonte: http://www.babyclass.com.br/

Essa política que foi lançada pelo Ministério da Saúde entende que o momento do parto, não consiste somente nos procedimentos realizados para a retirada do bebê, mas sim, um momento fundamental para a relação entre mãe e filho, onde há também o nascimento de uma mãe.

Essas diretrizes estão voltadas ao Parto natural, que é de menor risco para a mãe e para o bebê, todas as maternidades, casas de parto e centros de parto normal deverão incorporar essas medidas.

 

Algumas práticas da mulher deverão ser incorporadas nessas instituições, como:

 

 

Novas Diretrizes

fonte: http://www.revistaapolice.com.br

 

-Gestantes podem escolher o melhor posicionamento para a hora do parto;

-O Jejum não é mais obrigatório;

As novas regras também visam a reduzir altas taxas de intervenções desnecessárias, que deveriam ser usadas apenas em alguns casos, mas acabam comumente utilizadas. São elas:

– Episiotomia (corte no períneo);

– Uso de ocitocina (hormônio que facilita a saída do bebê);

– Cesariana;

– Aspiração naso-faringeana no bebê;

-Presença de doulas ou acompanhante;

-Respeito a presença da família e a intimidade da gestante;

-Métodos de alívio da dor: banhos quentes, massagens e técnicas de relaxamento;

-Direito ao uso da anestesia;

-Contato pele a pele imediato da mãe com a criança após o nascimento;

-Evitar a separação mãe e filho na primeira hora após o nascimento;

-Reduzir as taxas de intervenções desnecessárias, como episiotomia (corte no períneo), uso de ocitocina, manobra de Kristeller empurrar a barriga da mãe;

-Cesariana e aspiração nasofaringea no bebê.

DIU

 

 

DIU

 

http://www.mdsaude.com/2014/06/diu-mirena.html

 

O DIU é um contraceptivo de longa duração, pode durar até 10 anos e o mais usado no mundo, possui baixo custo, cerca de R$15,00 reais e é tão seguro quanto as pílulas.

Esse dispositivo passará a ser ofertado nas Unidades Básicas de Saúde, Hospitais e Maternidades.

Essa iniciativa do Ministério da Saúde pretende reafirmar o direito da mulher engravidar somente quando ela quiser, estudos mostram que 55% das gestações não são planejadas, esse índice chega a 66 entre adolescentes e só 32% das mulheres usam anticoncepcional (Pesquisa Nascer Brasil).

Todos os estabelecimentos deverão se adequar a essas medidas no prazo de 180 dias.

Medida publicada em 08/03/2017.

Saúde da mulher é sempre um assunto muito cobrado em concursos públicos e nós mulheres devemos conhecer os nossos direitos, exigindo o atendimento digno que merecemos!

Saude da mulher

Nos envie sugestões para posts em saúde, teremos o maior prazer em atendê-los.

 

Referências:
http://www.brasil.gov.br/saude/2017/03/novas-politicas-para-mulheres-garantem-parto-humanizado-e-acesso-ao-diu
Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


    Sobre nós

    Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

    Saiba mais