fbpx

Planejamento Estratégico

Por Clariana Ribeiro Nogueira 11 nov 2015 - 3 min de leitura
3 min

mktgslide2

Vamos tratar do tema de Planejamento Estratégico, primeiramente, vamos entender o que é o planejamento Estratégico.

O Planejamento Estratégico, de maneira simples, estabelece o que a empresa pretende e o que não pretende fazer. Trata-se de uma técnica de organização que procura definir qual a melhor maneira (estratégia) de se atingir um objetivo. As várias definições encontradas trazem em comum que a estratégia estabelece os objetivos, o caminho a ser seguido para alcançá-los, levando em consideração o ambiente em que a organização está inserida.
Para entendermos este assunto, vamos agora conhecer os três tipos de planejamento existentes na organização: Estratégico; Tático e Operacional.

Isto porque é justamente essa distinção que mais costuma cair nos concursos, isto é, a característica de cada um destes tipos, então, atente-se a elas. A diferença entre eles se refere ao nível hierárquico em que são elaborados, a abrangência em relação às unidades e o período para o qual se referem. A figura a seguir resume as características básicas que serão discutidas:

Figura: Níveis hierárquicos

Sem título

Sendo assim, vamos abordar as especificidades de cada tipo de planejamento para que não haja dúvidas em sua prova:

O planejamento estratégico
Contribui na definição da visão, missão e valores da organização. Também colabora com a concepção dos objetivos e metas, e da análise dos fatores internos e externos da organização. O planejamento estratégico é o mais amplo dos três planejamentos e abrange toda a organização. Ele é de longo prazo (mais de um ano, seu prazo depende do tipo de organização) e será responsável por nortear a empresa como um todo. O planejamento organizacional se inicia nele. É definido na alta cúpula da organização (Presidente, CEO, proprietários, diretoria, acionistas) e envolve decisões de maior risco. É um processo permanente e contínuo e acaba gerando mudanças e inovações na companhia. Vale lembrar que ele deve ser constantemente revisto e atualizado, não pode ficar defasado por ser de longo prazo e não deve apenas ficar guardado na gaveta.

O planejamento tático
É aquele que faz a intermediação entre o nível estratégico e o operacional. No geral, os integrantes desse nível devem se apropriar da estratégia para desdobrá-la em ações concretas nas suas áreas e processos ou sub processos de atuação. É projetado a médio prazo (aproximadamente um ano) e abrange cada unidade da organização. Traduz e interpreta as decisões do planejamento estratégico, desdobrando os objetivos institucionais em objetivos departamentais. Trata-se da gerência média ou intermediária, estando Inclusos os supervisores e diretores de cada área da empresa, basicamente. Envolve riscos intermediários na organização.

O planejamento operacional
É a formalização dos objetivos e procedimentos, ou seja, a implementação das ações previamente desenvolvidas e estabelecidas pelo nível tático. Tem como principal finalidade desdobrar os planos táticos de cada departamento em planos operacionais para cada tarefa, criando condições para a realização mais adequada dos trabalhos diários da organização. É de curto prazo (semanal ou mensal), estando diretamente ligado com a área técnica de execução, sendo assim, sua amplitude é determinada atividade, pois envolve cada tarefa ou atividade de forma isolada, preocupando-se com o alcance de metas bastante específicas. O planejamento operacional ajuda a colocar em prática os planos táticos de cada setor da empresa. Uma de suas principais características é a formalização, principalmente, por meio das metodologias estabelecidas e formalmente designadas em documentos corporativos. Cada planejamento operacional deve conter: os recursos necessários para sua implantação, os procedimentos básicos a serem adotados, os resultados esperados, prazos estabelecidos e os responsáveis pela sua execução. Observa-se que tal planejamento envolve riscos menores.

Vale dizer que estes planejamentos devem estar integrados e interligados, o que significa dizer que no operacional não se pode executar o que não está de acordo com o planejamento tático, que por sua vez não está seguindo o planejamento estratégico. Este último dá o norte e os demais devem segui-lo. Ou seja, trata-se de um alinhamento essencial entre eles.

Gostou do assunto? Deixe sua opinião, ela é muito importante para nós.

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais