Preciso fazer um planejamento de viagem para prestar meus concursos?

Por Matheus De Marchi 26 set 2019 - 8 min de leitura
8 min

Sim!

A resposta é simples. Agora vai estudar!

(…)

¬¬”

 

Já tenho quase saudades do tempo em que meu gerente de blog tornava minha vida infeliz por censurar muito do que tinha sido escrito. Ao que parece a sua nova missão é continuar me dedicando sua atenção, só que agora ele não se contenta com poucas palavras.

Como uma resposta direta parece não trazer todas as informações que o Google traria, vamos falar sobre o tema.

Como escrito anteriormente, a resposta é sim! Não é apenas necessário, como também pode ser tranquilizador você contar com um bom planejamento para sua viagem de concurso. Meu entendimento é que se você chegou até nossa página você já tem a certeza de que quer prestar esse concurso e se sente preparado. É a sua hora!

Se ainda tem dúvidas, veja se esse vídeo te ajuda. Dúvida eliminada? Continue a leitura e confira algumas dicas básicas – ou nem tanto – a respeito do que você precisa saber para não ter surpresas com sua viagem.

 

A Odiada Inimiga da Procrastinação

  Viajar para prestar provas de concursos é algo comum.

<https://giphy.com/gifs/transparent-gallery-clock-tn8zWeNYA73G0>

 

Viajar para prestar provas de concursos é algo comum. Você pode ser de uma cidade pequena, o cargo que você quer pode estar disponível em outra região, o salário de lá é melhor do que o de cá, ou você só quer ficar longe do cremoso por um tempo/parasempre.

Independente da sua motivação/necessidade, um concurseiro viaja! Caso você esteja se preparando para sua primeira aventura, a primeira dica que posso lhe dar é a respeito da antecedência.

Vou considerar o pior cenário: você não conhece a cidade onde a prova será realizada nem de passagem. Será sua primeira visita e você não tem nenhuma referência por lá. Isso não será um problema porque você não vai procrastinar seu planejamento.

 

Assim que o edital sair e você souber as datas e horários, junto dos seus estudos você vai separar um tempo para planejar sua viagem. Considere que o tempo que você vai “perder” inicialmente lhe dará tranquilidade para focar de verdade no que importa posteriormente.

Então busque pela distância da sua cidade para a cidade da prova. Veja se o que compensa é você ir por conta (de carro), ônibus ou avião. Essa decisão não deve ser levada em conta apenas pelo lado financeiro, embora a gente saiba… Vivemos no Brasil e TUDO deve ser decidido pensando pelo lado financeiro (a não ser que você seja um membro do legislativo e não precise pagar por nada na sua vida com o seu salário). Também deve ser levado em conta a tranquilidade da viagem e o que for menos cansativo.

 

A antecedência também é importante. Se é possível, chegue com pelo menos um dia de vantagem. Direi a frente o porquê.

Se você não tem muito talento ou paciência para essa organização, saiba que algumas agências têm se especializado em organizar excursões para grandes concursos. Vale a pena dar uma olhada. Condução, hospedagem e pessoas com o mesmo objetivo do que você, podem ser pontos a favor da sua tranquilidade no dia da prova.

 

O Local da Hospedagem

  

<https://giphy.com/gifs/the-shining-stanley-kubrick-stephen-king-10TB6QfNrahdhS>

 

Eu vou considerar que você não fechou com a excursão… E claro, tudo adaptável à condição financeira atual.

Se você começou a procurar um local para se hospedar no lançamento do edital, significa que você está adiantado, o que significa que a oferta de quartos na cidade é alta e os preços estão melhores. Então não procrastine, mas também não tenha pressa. Pesquise direito!

Preze pela boa localização do estabelecimento. Quando falo em boa localização não quero dizer necessariamente um local próximo à prova. Imprevistos sempre podem ocorrer nessas viagens, então busque por um lugar que seja tranquilo/seguro e tenha pontos importantes próximos (meios de transporte, restaurantes, farmácias, padarias, caixa eletrônico, bar…).

Às vezes é melhor pagar um pouco mais no Uber/taxi/ônibus/metro e não passar aperto, do que atravessar a rua para o local da prova e não ter uma farmácia para lhe socorrer em caso de emergência.

Se próximo ao local da prova houver tudo isso, melhor!

 

Cuidado com os Amigos

 

<https://giphy.com/gifs/girlshbo-girls-hannah-jessa-u354mY5mURxle>

 

Porque nós sabemos que os amigos foram enviados à Terra para nos &#$$@¨!!! E nos divertir enquanto não acham oportunidades para isso.

 

Mas esse é um cenário comum que as vezes não sai como esperado. Afinal, você tem um velho (a) amigo na cidade da prova. Para que ficar em hotel? Aproveite e visite-o (a)!

Apenas se certifique de algumas coisas… Da parte dele (a), veja se ele entendeu que você está indo com um propósito – a prova -. Muito bem-intencionado é possível que ele (a) queira colocar o papo em dia, levar para algum lugar diferente para comer/beber, ou em casa mesmo fazer algo como um churrasco para recebe-lo bem. Isso é muito legal da parte da pessoa, mas você sabe deve manter pelo menos até o dia da prova o foco e não cair nas tentações que um happyhour/jantar/churrasco podem levar.

Veja se conseguirá dormir cedo, por conta do cachorro barulhento, filho novo ou dos próprios hábitos desse amigo (a) que eventualmente podem lhe tirar muito da sua rotina tranquila.

 

Às vezes pode ser mais proveitoso um encontro após a prova onde os dois podem cair na esbórnia com muito menos preocupações.

 

Cuidado com Hostel

  

<https://giphy.com/gifs/cbs-h50-3o6Zt0N7G3ies8tiBG>

 

Ficar em um hostel ao invés de um hotel pode ser uma boa alternativa, principalmente financeira. Porém nesse caso sugiro um pouco mais de pesquisa (além da citada acima sobre localização e pontos de referência).

Normalmente o hostel terá um site/perfil em alguma rede social. Veja qual é o perfil das pessoas que o frequentam. Alguns podem ser referências para jovens que nesse momento estão ocupados com as festas e não em atividades silenciosas. Veja se próximo a ele e a data da prova não haverá algum evento (como um Rock in Rio da vida) que pode atrair um público menos sossegado e veja se existe a opção de quartos individuais ou duplos no máximo.

O oposto também vale. Na mesma pesquisa você pode descobrir que o hostel é uma referência entre os candidatos para X prova. Nesse caso, quanto mais, possivelmente melhor!

 

Local da Prova

  

<https://giphy.com/gifs/ground-slippery-dKqr4HJAcmmhW>

 

Em quantos livros/filmes não aprendemos sobre a importante de conhecer o campo de batalha? Pois encare dessa forma!

Pedi acima que se possível você chegue com antecedência. Então… Chegue, vá ao hotel, descanse e vá ao local da prova. Independente do meio que usará para chega lá utilize-o um dia antes. Veja o tempo necessário. Pergunte se no dia seguinte e horário marcados há algum tipo de alteração como trânsito ou menor ocorrência de ônibus.

Tudo bem que hoje em dia o próprio APP pode nos mostrar o trajeto e o tempo estimado, mas APPs falham e o serumano… Nunca duvide da capacidade dele de cagar uma situação.

 

Verificou tudo isso? Ok. Veja se próximo à prova existem lugares úteis (aqueles citados acima). Às vezes você pode fazer uma prova em dois períodos. Pode ser atacado por uma dor de cabeça, pode precisar de dinheiro para o taxi… Enfim! Não limite as possibilidade de algo dar errado!

Saber se existem estabelecimentos úteis próximos vai lhe definir o dia anterior, quando você vai separar ou não o lanche, o remédio, o dinheiro…

 

Turismo deve ser o Último item da sua Lista

  

<https://giphy.com/gifs/fun-party-smile-3o7btZjaYxqkGyOYA8>

 

Essa eu vou contar por experiência própria! Se você é de uma cidade pequena como eu e tem que fazer uma prova na “cidade grande”, não importa seu foco, inevitavelmente você vai pensar em N lugares/programas que você pode visitar bem rapidinho. Afinal, você precisa relaxar e você nunca viaja…

 

Não!

 

É sério… Não!

Se tranque no seu Hotel/hostel/casadoamigo. Saia para reconhecer o terreno e volte! O simples hambúrguer gourmet que você experimentou pode mudar totalmente seu planejamento fazendo-o (a) passar mais tempo no banheiro do que na sala de prova.

Se realmente você nunca viaja e quer unir o útil ao agradável, primeiro o útil, por favor! Depois o agradável… Se aperte um pouco e planeje um ou dois dias depois da prova. Considere que esses dois dias serão um prêmio pelo seu esforço nos estudos. Mas foque no lazer/turismo para depois da prova.

Te falaram daquele restaurante legal? Espera… Só naquela cidade tem aquele chope artesanal que você adora? Espera… O som daquele happy hour é superfamoso? Espera…!

Novas experiências e provas de concurso não combinam. Essa regra é conhecida!

Dever cumprido? Se afogue na esbórnia/turismo!

 

Resultado não é Aprendizado

 

Você sabe que tudo isso, mesmo quando bem planejado carece de um bom investimento. Você se preparou legal, vai bem nos simulados, mas ainda tem aquele receio de “jogar dinheiro fora”.

Olha… Todo mundo passa por isso. E pode apostar um monte de gente não passa de primeira, de segunda, de terceira… Só que essas pessoas já sabem que esse dinheiro não é jogado fora. Nem passa essa ideia por suas cabeças.

Tudo isso, o planejamento, a viagem (…), fazem parte do processo. Assim como você vai indo melhor nas provas, suas próximas experiências também serão mais fáceis, não se preocupe.

 

Em um concurso, mesmo que não role a aprovação, a experiência vai servir como um baita aprendizado para o próximo. Jogar o jogo e treinar para ele são realidades totalmente diferentes. Mas eu acho que você sabe disso.

Se vier prestar concursos para o interior de SP, DEPOIS da prova, pode nos convidar para um chope.

 

Vai dar sorte!!

Bons estudos e ótima prova!

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais