9 Tendências em Gestão de Pessoas que você precisa conhecer o quanto antes!

As pessoas e as organizações estão sempre em movimento e assim novas tendências vão surgindo dessa forma devemos estar sempre ligados nas mudanças.
Por Maxi Educa 06 set 2017 - 7 min de leitura
7 min

As pessoas estão sempre mudando, as organizações também estão sempre em movimento e assim novas tendências vão surgindo e tanto as organizações como as pessoas devem sempre estar preparadas e acompanhar as mudanças…

As pessoas e as organizações estão sempre em movimento e assim novas tendências vão surgindo dessa forma devemos estar sempre ligados nas mudanças.

fonte: https://blog.erp.band/

Acontece que a administração passou por diversas modificações significativas ao longo dos últimos anos. Aspectos como globalização, desenvolvimento de TI, competição acirrada, necessidade de reduzir custos, ênfase no cliente, na qualidade total e melhoria contínua, valorização da ética e responsabilidade socioambiental, entre outros aspectos.
Tudo isso faz com que a área de Gestão de Pessoas não consiga ignorar as mudanças necessárias e necessite se ajustar para continuar atingindo os seus objetivos de maneira eficaz eficiente, e mais flexível considerando a importância das pessoas para ter mais ganhos e vantagens competitivas.

DUAS SITUAÇÕES POSSÍVEIS:..
– Ou esta área vai na frente guiando as mudanças organizacionais necessárias, liderando, motivando e inspirando as pessoas da organização a partir de trabalho em equipe e investimento em treinamento e desenvolvimento das pessoas, entre outras caraterísticas. Esperamos que a maioria das organizações estejam aqui.
Ou ela atrapalha ao criar obstáculos, bloquear a mudança e a inovação ou ainda não realizando um planejamento estratégico de pessoas, apenas controlando e regulando o seu comportamento (deixando as pessoas “perdidas” sobre o que se espera delas), enfim, infelizmente há muitas organizações que se enquadram justamente aqui.

 

https://media.giphy.com/media/12GUPx3g0PPfYA/giphy.gif

Enfim… será fácil avaliar se pararmos para pensar a nossa organização e algumas outras que conhecemos…

Tendências

Pensando no primeiro grupo apresentado (o qual segue e se inspira nestes aspectos), veremos as principais tendências da Gestão de Pessoas (aspectos que já são presentes e se intensificarão ainda mais no futuro):

1 – FILOSOFIA DE GESTÃO “COM” AS PESSSOAS

https://meucombustivel.tumblr.com/page/30

Nessa perspectiva, as pessoas são consideradas seres humanos e não meros recursos empresarias passivos (como os tecnológicos, financeiros ou materiais). A denominação Administração de Recursos Humanos (ARH) tende a desaparecer (não se administra as pessoas) e ceder lugar a uma abordagem mais atual: Gestão de Pessoas. Isso representa que se administra COM as pessoas, como se elas fossem parceiras do negócio, pessoas estas que são dotadas de personalidade, inteligência, potencial e aptidões diferenciados, além de habilidades e conhecimentos específicos. Isso mesmo, empresas que pensam que os funcionários são robôs programados para obedecer estão bem por fora das tendências em Gestão de pessoas, além de arcaicas perdem ótimos talentos para empresas concorrentes que valorizam suas pessoas.

2 – DOWSIZING

http://marketbusinessnews.com/financial-glossary/downsizing/

Refere-se ao enxugamento da estrutura organizacional da empresa e à redução de níveis hierárquicos (o chefe do chefe do chefe…). As empresas querem ser enxutas e eficientes; Isso facilita que a empresa fique mais reduzida, ágil, desburocratizada, criativa, inovadora e flexível, facilitando a comunicação mais simples e direta (sem distorção e mais rápida) estabelecida entre os membros. Ademais, permite redução de custos, agilidade na tomada de decisão e aumento da produtividade a partir de “menos análise e mais atitude”. Por outro lado, a questão do desemprego é uma grande crítica.

3 – CULTURA MAIS PARTICIPATIVA

http://www.mojve.com/index.php/blog/

Ênfase em uma cultura na qual as pessoas possam tomar mais decisões, pois há uma descentralização de poderes. Isso sugere uma maior participação dos trabalhadores nas atividades da empresa ao lhes ser dada mais autonomia de decisão e responsabilidades (empowerment). Há oportunidade de diálogo, programa de sugestões, liberdade de escolha das tarefas e métodos para executá-las, enfim. As pessoas são estimuladas a contribuir gerando resultados e inovações nas organizações.

4 – MOBILIDADE NO TRABALHO

http://camillestyles.com/wellness/work-life/3-non-obvious-resume-tips-you-should-try-today?slide=2

Este assunto é comentadíssimo, o mais tendência. O home-office (possibilidade de trabalhar em casa ou em qualquer outro lugar que queira) torna-se cada vez mais comum devido à redução de custos (para empregador e empregado) e de tempo de deslocamento, livrar-se de trânsitos congestionados e de transportes públicos precários, enfim, visa aumentar produtividade. Afinal, quem não gostaria de trabalhar de pijama em sua casa, embaixo das cobertas? Claro, é necessário aqui bem mais disciplina e autocontrole para render no conforto de casa. Por outro lado, há os que trabalham além da conta. Por sua vez, a gestão de Pessoas precisa revisar o controle das horas gastas (não há o “bater o ponto”) e do rendimento das pessoas. Um aspecto bem positivo é poder contratar pessoas que morem mais distante devido a esta flexibilidade.

5 – MOTIVAÇÃO E REALIZAÇÃO PESSOAL

http://ng-nk.ru/?tag=%D0%BD%D0%B0%D1%81%D1%82%D0%B0%D0%B2%D0%BD%D0%B8%D0%BA&paged=5

As empresas hoje já sabem que não é somente o valor do salário que motiva as pessoas e por isso, os objetivos e necessidades pessoais dos colaboradores estão sendo cada vez mais valorizados pelas empresas. Aspectos tais como: reconhecimento, elogios, premiação e bonificações, integração com a família e valorização da sua importância considerando o funcionário como um “colaborador” e não olhando apenas para ele como um ocupante de um cargo e com obrigações e responsabilidades. Possiblidades de treinamentos são oferecidos com base nas necessidades dos funcionários, demonstrando a importância de seu autodesenvolvimento. Inclusive os treinamento tem sido virtuais (Ensino a Distância- EAD). Também ocorrem mais gerências por objetivos participativos, na qual gerente e subordinado traçam juntos as metas e objetivos a atingir. Viu como várias tendências vêm da questão de se pensar na motivação das pessoas?

6 – FORÇA DA LIDERANÇA E TRABALHO EM EQUIPE

http://doloresbordignon.com.br/lider-ou-gestor-sua-empresa-precisa-de-ambos/

A liderança passa a ser encarada como um processo coletivo. O “eu mando fazer isso” se transforma em “faremos juntos isso”. Além disso, surge a “liderança transformacional”, na qual se destacam o carisma do líder e a motivação que inspira auxiliando a criar um senso de trabalho em equipe. O foco é a colaboração e flexibilidade e não mais a demonstração do poder existente com a realização de controle das pessoas refletindo em mais satisfação dos colaborados e alcance de melhores resultados organizacionais. A liderança deve fortalecer a equipe. Este assunto é um xodó dos concursos, nunca deixe de estuda-lo

7 – DESIGN THINKING

https://www.pinterest.co.uk/pin/522839837978469126/

As pessoas são incentivadas a pensar como os profissionais de design e têm mais autonomia no sentido de criar e experimentar novos modelos, métodos e processos. Busca novos ângulos para observar os problemas e prioriza o trabalho colaborativo em equipes multidisciplinares para se obter mais inovação e criatividade nas soluções encontradas. Espera-se com isso que o trabalho fique mais simples, objetivo e produtivo para atender aos clientes e necessidades da empresa. Esta é uma tendência bem nova e pouco conhecida… vale a pena já estar por dentro deste termo.

8 – JOB ROTATION

http://myventurepad.com/job-rotation-motivate-employees/

 

Os profissionais do futuro devem ser mais autônomos e autogeridos e para isso precisam ter uma visão mais do todo para aumentar a sua compreensão do processo completo. Assim, o job rotation permite que o colaborador se movimente por um período em áreas diversas como financeiro, marketing, etc e consiga aprender com profundidade sobre a empresa. Assim, temos um profissional mais capacitado, preparado e com uma visão mais abrangente. Favorece a motivação também. Muito usado em programas de trainne.

9 – MAIOR VISÃO ESTRATÉGICA

https://www.ra-goepfert.de/

A área de Gestão de Pessoas está sob crescente pressão dos líderes empresariais para aumentar o alinhamento com a estratégia da empresa e buscar a inovação em suas ações. Isso porque a função desta área evoluiu muito desde a antiga função burocrática de pessoal (apenas cuidando da papelada como folha de pagamento) até assumir a posição estratégica. Agora há preocupação em criar a missão, visão e valores da organização e a Gestão Estratégica de Pessoas orienta e direciona os colaboradores para os reais objetivos organizacionais garantindo que todos conheçam e se envolvam nas estratégias e metas que devem ajudar neste trajeto. Atenção: assunto muito cobrado em concursos!

Essas são as tendências mais promissoras e interessantes para você que estuda administração, presta concursos, é empresário ou simplesmente trabalha em uma empresa ou vai trabalhar. Tenho certeza que consegue perceber facilmente tais tendências… será que você lembra de outras? Qual foi a mais diferente ou mais novidade para você? Conte para nós, entre na conversa e vamos discutir… afinal estas tendências me atingem, atingem você e a nossa sociedade como um todo.

Tutora Clariana Ribeiro

Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Comentários
  • Antônio Fernandes Mousinho Neto 07 nov 2017

    também é fundamental o conhecimento do ambiente cultural do grupo onde você esta situado na organização para buscar uma comunicação e atitudes mais empáticas

  • mm
    Maxi Educa 08 nov 2017

    Boa tarde Antônio. Obrigada por participar deixando seu comentário em nosso Blog. Aproveitamos para lhe convidar a acessar nosso post de hoje sobre inflação, http://blog.maxieduca.com.br/inflacao-brasil-causas/ Esse vem causando muita polêmica em nossa atual economia. Excelente observação. Isso é mesmo uma realidade, por isso é tão importante realizar pesquisas de satisfação, ouvir os clientes, prestar atenção em suas sugestões. SACs são de grande importância justamente por isso: para melhorar a percepção da empresa com relação à qualidade de seus produtos e serviços e assim, nortear a empresa em sua busca de qualidade e de melhoria contínua. Acompanhe-nos nas redes sociais. Facebook: https://goo.gl/fgnB61 Instagram: https://goo.gl/xe1LmU YouTube: https://goo.gl/REyOiW

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais