Da série “só acredito vendo”: TRF-3 em 2019!

Por Matheus De Marchi 26 mar 2019 - 4 min de leitura
4 min

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) pipocou nessa semana entre os assuntos dos concurseiros/aspirantes/fofoqueiros de plantão. E é óbvio que a gente não vai ficar de fora desse falatório.

Maaaaas já sabe né, aqui a fofoca tem fundamento! (quase sempre).

Isso até onde a gente consegue fundamentar uma fofoca… Mas esse não é o foco!

Bom, ao que parece o número de cargos vagos supera os 400 e o último concurso realizado ocorreu no ano de 2013. Não precisamos ser gênios para saber que há necessidade de preenchimento desses cargos.

Mas ninguém é tão otimista pensando que apesar desse déficit os cargos oferecidos no próximo concurso chegarão próximos a esse número.

Se fosse hoje, tudo bem, ninguém vai mais se aposentar mesmo, mas de lá para cá as pessoas ainda conseguem, então é só fazerem as contas.

Além disso, quem manda (sabiamente é uma mulher), Therezinha Cazerta já reconheceu a necessidade de abertura de um novo concurso em mais de uma ocasião. E isso você pode confirmar em qualquer site/blog que traz notícias de concursos.

Os cargos estão divididos entre as seções de São Paulo e Mato Grosso do Sul e são para analistas e técnicos judiciários.

Os cargos são muito variados, assim como as matérias.

Olha só essa página para você ter uma ideia. Tudo bem…. Não é sobre a mesma seção, mas é TRF e vocês já podem ir sentindo a pegada do que é cobrado.

Aliás…. Vamos falar sobre isso!

 

Comece a estudar o seguinte (…)

  O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) pipocou nessa semana entre os assuntos dos concurseiros/aspirantes/fofoqueiros de plantão.

<https://giphy.com/gifs/jilrDBUHd4V1e>

 

De acordo com o último concurso do TRF-3, as vagas de analista seguiam critérios de acordo com a área de formação em conhecimentos específicos. Dizemos isso porque havia vagas para áreas como contabilidade, biblioteconomia, informática, psiquiatria (…).

Anyway, tudo isso era acompanhado por provas de Conhecimentos Gerais e Estudo de Caso.

Os Estudos de Caso eram compostos por duas questões.

Olha o último edital aqui.

E confiram mesmo! Só para terem uma ideia, existe até um primo do TAF (Teste de Aptidão Física) no caso de quem pensar no cargo de Técnico Judiciário (segurança e transporte). Sim… Pode renovar a mensalidade da academia ou treinar por conta com essas dicas aqui.

 

Agora vamos te jogar um balde de água fria e depois te animar de novo.

Seguindo as fofocas, de acordo com o Folha Dirigida, na espera dos paranauês legais, o TRF pode até aproveitar os candidatos aprovados no último concurso do TER-SP!

Eita!

Pois é… Chegamos a esse nível de rolo. Mas não falaríamos sobre isso à toa. O fato é que mesmo com essas adaptações, os números não seriam o suficiente para o preenchimento de vagas. Logo, precisamos do concurso!

E quem concurso hein. Financeiramente falando, um baita concurso!

Os vencimentos, com as devidas correções em relação ao último concurso giram em torno de R$ 8.000,00 e R$ 13.000,00 para técnicos e analistas respectivamente. Isso já inclusos os benefícios que são auxílio alimentação, auxílio transporte, assistência pré-escolar e assistência médica (pelo menos foi assim no último).

 

Não temos um bad guy ainda

 

<https://giphy.com/gifs/mr-burns-5nFShZWwq3fdm>

 

A última prova foi realizada pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e não temos evidências de que ela vai novamente realizar o certame.

Como não teremos uma análise da banca, vamos falar sobre suas futuras funções como funcionário do TRF.

 

Apesar de os cargos disponíveis serem apenas de Analista e Técnico, as especificidades são complicam tudo. Afinal, o Técnico de Segurança e Transporte não vai ter a mesma função do Psiquiatra nessa pegada.

Segundo as palavras do próprio edital entre as atribuições dos Analistas estão distribuídas entre “Realizar atividades de nível superior a fim de fornecer suporte técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores”, “Realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado armazenamento e a recuperação de informações”, “Realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado processamento automático de informações” e “Realizar atividades profissionais da área de medicina, a fim de promover e preservar a saúde de magistrados, servidores, inativos e pensionistas e a de seus dependentes” (…). E mais uma porrada de coisas.

 

Vai do que você quer para sua vida né jovem.

As atribuições dos Técnicos vão de “Realizar atividades de nível intermediário com a finalidade de garantir a adequada operação e manutenção de equipamentos elétricos e telefônicos”, “Realizar atividades de nível intermediário a fim de assegurar condições que eliminem ou reduzam ao mínimo os riscos de ocorrência de acidentes de trabalho e o cumprimento de todas as normas e legislações correlatas” a “Realizar atividades de nível intermediário a fim de garantir a adequada automatização de rotinas, por intermédio do desenvolvimento, codificação, teste, implantação, documentação e manutenção dos programas e sistemas, dentre outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade”.

 

Do que temos, é isso. Esperamos que logo saia o edital oficial e com certeza estaremos aqui novamente para informa-los sem as especulações que vimos aqui.

Bons estudos e ótima prova!

 

Referências

https://folhadirigida.com.br/noticias/concurso/tribunal-federal-da-3-regiao/trf3-pode-convocar-aprovados-no-ultimo-concurso-do-tre-sp
https://jcconcursos.uol.com.br/noticia/concursos/trf-sp-ms-71406
Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais