Aprenda tudo sobre vistoria de obras de forma clara e objetiva

Por Otávio Ferreira 11 jan 2019 - 5 min de leitura
5 min

Eai meus queridos concurceiros…. hoje vamos aprender como funciona a vistoria de obras, um conteúdo muito cobrado em concursos….

 

O QUE É UMA VISTORIA DE OBRAS

 

A vistoria de obras é uma atividade que possui caráter preventivo onde busca atestar a qualidade e conformidade dos serviços antes que algum problema ou imprevisto aconteça. É fundamental a realização da vistoria para resguardar a construtora ou empreiteira de problemas que envolvem o cumprimento do que está descrito no contrato e no projeto executivo.

A vistoria de obras é uma atividade que possui caráter preventivo onde busca atestar a qualidade e conformidade dos serviços antes que algum problema ou imprevisto aconteça.

https://www.opetroleo.com.br/oportunidade-para-supervisor-de-obras-confira/

 

Mesmo com a importância de fazer uma vistoria, algumas empresas cometem o erro de deixar a vistoria de lado durante a execução das obras ou até mesmo na hora de entregar os imóveis aos clientes, assim dando possibilidades para possíveis problemas jurídicos no futuro em caso da edificação não atender o que foi exigido no contrato.

Quando uma vistoria for feita é necessário que o profissional leve alguns materiais específicos para facilitar o seu trabalho como por exemplo Câmera fotográfica ou celular, para registrar tudo em imagem.

Com base na vistoria enquadra-se a constatação e registro em laudo técnico das condições físicas aparentes da edificação, sendo assim não englobando qualquer análise ou classificação das anomalias e falhas, nem exames ou testes para detecção de suas causas e origens, tampouco as recomendações técnicas para solução do problema.

 

TIPOS DE VISTORIA

 

As vistorias podem abranger essas quatro fases do produto imobiliário, de forma que é possível definir os seguintes tipos:

 

– Vistorias de confrontantes de obras;

A vistoria de confrontantes de obras tem sido uma prática cada vez mais comum de construtoras e incorporadoras, constituindo-se inclusive em ferramenta de gestão das relações com a vizinhança.

Tal vistoria visa a constatação do estado de todos os imóveis situados na região de influência primária e/ou secundária de uma obra.

– Vistorias especiais em obras;

As vistorias especiais em obras visam a caracterizar situações incomuns com vistas a registrar fatos que poderão sofrer alterações em curto espaço de tempo, situações essas que poderão ser relevantes para discutir direitos no futuro.

Importante salientar que não somente são caracterizados os “efeitos” ou “consequências” de um fato em particular, mas também o panorama subjacente.

– Vistorias programadas de edificações;

As vistorias programadas de edificações visam caracterizar as diferentes etapas da vida de um imóvel, desde eventuais unidades-modelo apresentadas em stand de vendas até seu uso, passando pelo importante momento de sua transmissão ao adquirente.

No contexto do uso do imóvel, esse tipo de vistoria tem sido utilizado para, por exemplo, caracterizar a situação das áreas comuns de um condomínio, as quais muitas vezes são relegadas a segundo plano.

– Vistorias para comercialização de imóveis usados;

Esse tipo de vistoria tem sido bastante efetuado na América do Norte, em escalas cada vez maiores, sob a denominação de home-inspection, e é muito útil como instrumento de decisão e negociação entre as partes, por apontar de forma fiel e objetiva as deficiências eventualmente existentes no imóvel.

A vistoria para comercialização de imóveis usados pode inclusive fornecer subsídios para negociação de ajustes de preços durante a transação, uma vez que muitas vezes o preço do imóvel não se coaduna com seu estado de conservação, mormente no caso do bem apresentar danos que necessitam ser reparados.

– Vistorias para imóveis tocados.

Normalmente, os contratos de locação preconizam que o imóvel deverá ser devolvido pelo locatário nas mesmas condições em que foi entregue pelo locador.

Não obstante a esse fato, não são raros desentendimentos entre as partes no que se refere ao estado do imóvel e eventuais alterações de benfeitorias, confrontando-se a sua situação quando da entrega pelo locador, com aquela vigente, quando da devolução do bem pelo locatário.

 

QUEM DEVE FAZER A VISTORIA?

 

É importante lembrar que a vistoria de obras deve ser realizada sempre por um profissional registrados no CREA, ou seja, engenheiros civis e arquitetos.

Com isso, é imprescindível estudar o tipo de serviço e o profissional mais adequado para fazer a vistoria e o laudo técnico, pois existem processos diferentes de acordo com a real necessidade do cliente e da obra ou imóvel a ser analisado.

https://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/crea-fiscaliza-obras-em-florianopolis-com-foco-em-atividades-profissionais-da-construcao-civil

 

COMO É REALIZADA A VISTORIA

 

Primeiramente é feito um planejamento da obra, propondo metas e meios de alcançar o sucesso final da construção.

Assim feito o planejamento, o gestor da vistoria de obras; arquiteto ou engenheiro civil, comparece semanalmente ou mensalmente no local. É feita por ele, uma análise minuciosa do andamento da obra.

Tiram-se medidas, analisa-se a temperatura, possíveis fissuras, presença de ruídos que possam indicar comprometimento da segurança da construção, verificando se o que foi proposto no início está sendo executado de forma correta, conforme o planejado.

Quando uma vistoria de obras é realizada, devem ser analisados diversos pontos fundamentais no local, para que a obra transcorra com sucesso, entre eles:

 

– Sistema Estrutural

Verificar se as medidas de janelas, portas e rodapés conferem com as que foram apontadas na planta – com o limite de 5 centímetros para mais ou menos -, se todas as fechaduras funcionam, se a metragem quadrada também condiz com o que foi prometido na planta, etc;

https://giphy.com/gifs/construction-nIUav1AOaK06s

 

– Sistema Elétrico

Verificar se a instalação da fiação foi feita de forma correta, se está funcionando perfeitamente, se não existem fios mal instalados, se o número de tomadas distribuídas pelos cômodos realmente atenderá as necessidades dos compradores, etc;

https://giphy.com/gifs/season-3-the-simpsons-3×11-l2Je4zlfxF6z0IWZi

 

– Sistema Hidráulico

Verificar os locais de vazão de água, de canalização e escoamento do esgoto, banheiro, se existem vazamentos, defeitos, etc;

https://giphy.com/gifs/water-bath-toilet-YB2c3zYuaiY12

 

Bom pessoal esse foi o nosso blog de hoje, trouxe alguns tópicos principais sobre Vistoria de obras, espero que gostem!!

Nós do MaxiEduca estamos aqui para lhe ajudar. Em nosso site você encontra materiais para te auxiliar em diversas matérias dos principais concursos públicos e também vídeo aulas.

 

https://giphy.com/gifs/construction-side-site-14s5sdz92jTFGU

 

Não se esqueçam de compartilhar ou deixar seu comentário.

 

Referências

“VISTORIAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL Conceitos e Métodos”. (BURIN, DANIEL, FIGUEIREDO, MOURÃO e SANTOS, 2009).
https://constructapp.io/pt/vistoria-de-obras/
https://www.iconstruindo.com.br/vistoria-de-obras-qual-sua-importancia/
Qual sua dúvida ou comentário sobre esse conteúdo?

Os campos com (*) são obrigatórios e seu email não será publicado

Quer receber notícias sobre Concursos Abertos? Cadastre-se em nossa newsletter


Sobre nós

Somos o Instituto Maximize de Educação, uma empresa especializada na preparação de Apostilas em PDF e Cursos Online para Concursos Públicos e Vestibulares.

Saiba mais